Banner topo divulga%c3%87%c3%83o

Compre casa

ESPORTES

Atletas de Toledo conquistam seis medalhas nos Jogos Sul-americanos da Juventude

Willian Guimarães e Vinicius Alecrim representaram a seleção brasileira em Santiago no Chile e trouxeram seis medalhas para o Brasil.

11/10/2017 - 14:59

  • Campe%c3%b5es de badmigton com prefeito carlos rodrigues 01 %281%29

Os atletas de Toledo Willian Guimarães e Vinicius Alecrim disputaram entre os dias 28 de setembro e 08 de outubro, da 2ª edição dos Jogos Sul-americanos da Juventude, que aconteceram em Santiago, no Chile. Os atletas locais representaram a Seleção Brasileira na competição e voltaram com seis medalhas.

Os dois atletas fazem parte do projeto de Badminton da Ação Social São Vicente de Paulo, que recebe o apoio da Secretaria de Esportes e Lazer do município. O projeto é ministrado pela irmã Luiza Menin e atende mais de 300 jovens e adolescentes.

Em Santiago, Willian Guimarães foi medalha de prata na dupla mista ao lado de Sania Melo e bronze na simples individual. Vinicius Alecrim foi medalha de ouro na dupla mista ao lado de Tamires dos Santos e prata na simples individual. Os dois toledanos ainda jogaram juntos na dupla masculina e trouxeram a medalha de ouro para o Brasil.

Para o técnico da equipe de Badminton de Toledo, Valdecir Barbosa, essas conquistas valorizam o trabalho realizado na modalidade em Toledo e também dão um incentivo maior aos demais atletas vinculados ao projeto. “Essas conquistas a nível internacional são fantásticas para o projeto valorizando todo o nosso trabalho, dentro da Ação Social São Vicente de Paulo e da Secretaria de Esportes e Lazer”.

“Hoje nós temos uma equipe de rendimento com 94 atletas que disputam as competições, regionais, estaduais, nacionais e internacionais e quando algum deles é convocado para a seleção brasileira é uma motivação muito grande para os demais”, ressaltou.

Vinicius Alecrim, que trouxe três medalhas de Santiago, conta que o feito foi inédito e sonha em um dia jogar as Olimpíadas. “A gente fica muito feliz por trazer uma conquista internacional para Toledo e principalmente por ser algo inédito no Brasil, essa é apenas a 2ª edição da competição. Então a felicidade é enorme e objetivo daqui para frente é continuar treinando duro e quem sabe um dia poder disputar os Jogos Olímpicos”.

“Os Jogos foram maravilhosos, foi uma espécie de teste para os Jogos Olímpicos. Nós fomos muito bem recebidos pela equipe do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Além disso, poder ganhar também foi algo muito gratificante, apenas um brasileiro tinha essa conquista. Então agora o sonho de continuar representando a seleção brasileira e de, quem sabe, jogar uma Olimpíada só aumenta”, comentou Willian Guimarães, que conquistou três medalhas em Santiago.

Para o secretário de Esportes e Lazer do município de Toledo, Emerson Jerônimo, a conquista reflete o excelente trabalho realizado no Badminton em Toledo. “Esses resultados são incríveis. Quem acompanhou o projeto desde o início sabe de todas as dificuldades enfrentadas e hoje poder ver toda essa evolução e grandes conquistas a nível internacional é algo surpreendente. Tenho certeza de que se esses meninos continuarem trabalhando duro e mantendo essa humildade se manterão na Seleção Brasileira por muito tempo e conquistarão grandes resultados”.

Os Jogos Sul-americanos da Juventude acontecem de quatro em quatro anos, com a participação de atletas de 14 a 17 anos, inspirados nos Jogos Olímpicos da Juventude. A competição contou com a participação de 1279 atletas de 14 países em 20 modalidades.

Open Foz do Iguaçu

Neste final de semana em Foz do Iguaçu, duas atletas de Toledo participaram do Open Foz. A competição reuniu atletas do Brasil, Paraguai e Argentina. As atletas de Toledo que participaram da competição foram Camila Lima e Maria Thereza Minozzo, que representaram a equipe do Colégio Harbor.

As atletas locais voltaram para Toledo com seis medalhas. Camila levou a medalha de bronze na dupla mista; prata no feminino B e prata no simples feminino B. Maria Minozzo também levou três medalhas: ouro na dupla feminina; ouro no individual feminino sub 15 e prata na dupla mista feminina sub 17.

Camila Lima iniciou a prática do Badminton em 2011 e deixou a modalidade em 2014 para jogar futsal. Este ano ela resolveu voltar ao Badminton e já na primeira competição importante conquistou três medalhas.

 “Nos últimos três anos eu estive longe do Badminton e voltar agora e conquistar três medalhas em uma competição de nível internacional foi surpreendente. Eu não esperava um recomeço tão bom assim”.

Michelle Minozzo, mãe de Thereza, conta que a emoção de ver a filha conquistar bons resultados em competições internacionais é muito grande. “A gente acompanha todo o esforço da Maria de perto os treinamentos são muito fortes e a dedicação é imensa. Então poder ver todo esse esforço sendo recompensado com uma medalha no peito é uma felicidade enorme para nós como familiares e incentivadores”.