-
Uti neo contribua

Compre casa

EDUCAÇÃO

Trilha Jovem cadastra jovens interessados em participar das turmas de 2018

Projeto completa 10 anos em 2018 e nesta edição, além do turismo, oferece formações também em comércio e programação de computador.

09/02/2018 - 14:51


  • Trilha jovem

Mais do que uma formação profissional, o projeto Trilha Jovem representa para seus participantes, como Wender Matheus, da turma de 2016, uma mudança de vida. Ele diz que “o Trilha Jovem me fez outra pessoa, tanto no modo de agir como no modo de falar”. Está aberto o cadastro de jovens entre 16 e 24 anos que tenham interesse nas 180 vagas que são disponibilizadas em 2018. Neste ano, além da formação na área de turismo, o Trilha oferece também capacitações em comércio e programação de computadores.

O cadastro dos interessados deve ser feito até o dia 03 de março (sábado), por meio do site do Polo Iguassu. Antes da inscrição, os jovens devem, obrigatoriamente, participar da palestra de esclarecimento sobre o projeto, que será no Bourbon Cataratas Convention & Spa Resort, na Rodovia das Cataratas, no dia 03 de março, às 15h.

Além da faixa etária, estão nos requisitos para a participação no projeto renda familiar de no máximo três salários mínimos, e o jovem precisa estar estudando em escola pública ou ter concluído o Ensino Médio há, no máximo, dois anos. A formação é dividida entre as fases presencial, executada no Parque Tecnológico Itaipu (PTI) no contraturno escolar, e a Vivência Profissional Supervisionada. Nessa segunda etapa os jovens cumprem 80 horas de atividades, em que podem colocar em prática os aprendizados obtidos na formação.

O diretor presidente do Polo Iguassu, Jaime Mendes, destaca que 2018 é um ano especial para o Trilha Jovem, pois o projeto completa 10 anos e faz a primeira ampliação da atuação, nas áreas de comércio e programação. “É um ano bem desafiador, porque estamos entrando para essas outras áreas com o objetivo de ampliar nossa capacidade de inserir o jovem no mercado”. Jaime, que é proprietário do Hotel Del Rey, comenta que sempre contrata trilheiros, pois nota o diferencial desses jovens, que chegam mais preparados ao mercado de trabalho.

Segundo a coordenadora do Trilha Jovem, Patrícia Menezes Dutra, participar do projeto é uma excelente oportunidade para o jovem protagonizar seu desenvolvimento pessoal e profissional e alavancar as possibilidades de inserção e ascensão no mercado de trabalho.

Wender Matheus participou da turma de Turismo & Atendimento do Trilha, em 2016. Ele conta que a formação representou uma oportunidade de crescimento profissional e desenvolvimento pessoal. “No Trilha eu pude abrir meus olhos para o turismo e aprendi a recepcionar pessoas, tanto turistas como qualquer outra. Fiz alguns amigos que pretendo levar pra vida toda. No projeto, eu aprendi a conviver em grupo e sentir empatia pelos outros”, afirma.

Eduarda Karmierczak Salustiano, 17 anos, fez parte do Trilha Jovem no ano passado. Ela se diz grata pela experiência que teve no projeto, que ofereceu a capacitação necessária para ingressar no mercado de trabalho. Atualmente, Eduarda trabalha como auxiliar de turismo no Complexo Turístico Itaipu (CTI). “Estou feliz e grata por estar onde estou, pois amo e me divirto muito com o que faço. Tenho conhecido pessoas incríveis e vivido experiências maravilhosas, e o que mais me motiva é saber que isso é apenas o começo”, comenta.

Seleção

Depois de assistir à palestra de esclarecimento, os interessados poderão se inscrever para o processo seletivo do Trilha Jovem. Para isso, deverão levar no dia 03 de março cópia do RG, CPF, declaração de matrícula ou histórico escolar do ensino médio, comprovante de renda dos membros da família que trabalham, e comprovante de endereço. É importante a presença dos pais ou de um responsável.

O resultado da seleção será publicado no site do projeto no dia 12 de março. Os convocados serão submetidos a uma avaliação psicológica entre os dias 15 e 16 de março. Aqueles que forem aprovados passarão para uma terceira fase, que consiste em um entrevista individual marcada entre os dias 04 e 13 de abril. Dessa etapa, sairão os 180 jovens que vão compor a 10ª edição do Trilha Jovem, sendo 85 na área de turismo, 60 em comércio e 35 em programação de computadores.

Sobre o Trilha Jovem

O Trilha Jovem Iguassu é uma tecnologia social reconhecida pela Fundação Banco do Brasil e representa um dos principais projetos de turismo e inclusão social de Foz do Iguaçu. Executado pelo Polo Iguassu desde 2006, atingiu a marca de 1.170 participantes no ano passado, dos quais cerca de 50% têm permanecido no mercado de trabalho após a formatura.

A iniciativa é sinônimo de credibilidade entre os empresários e representantes do trade e possui como principais parceiros a Itaipu Binacional, PTI, CVC por meio da Experimento Intercâmbio Cultural e FUNCRIANÇA. O projeto também recebe apoio de outras instituições e empresas ligadas ao setor turístico, por meio de apoios diretos e campanhas como o “Adote um Trilha”, “Dia de Doar” e o “Cupom Solidário”, esse último por meio dos benefícios do programa Nota Paraná.

Para mais informações, acesse poloiguassu.org/trilhajovem ou entre em contato pelo e-mail trilhajovem@poloiguassu.org ou telefones (45) 3576-7112 ou (45) 9968-0532.