01   casa de not%c3%adcias 02 %281%29

POLÍTICA

Câmara autoriza afastamento de prefeito para viagem

Legislativo aprovou, em 1° turno, pedido de licença do prefeito José Carlos Schiavinato para afastar-se do cargo e sair do país para participar de um curso de gestão sobre desenvolvimento econômico no México. Chefe do Executivo deverá ficar dez dias no exterior caso a autorização seja aprovada novamente em 2° turno. Cargo seria ocupado temporariamente pelo vice-prefeito Lúcio de Marchi

19/10/2010 - 13:10


Os vereadores de Toledo aprovaram em 1° turno a concessão de uma autorização para o prefeito José Carlos Schiavinato (PP) se afastar do cargo e sair do país para participar, no próximo mês, de um curso de gestão no México. O Projeto de Resolução (PR) que permite a licença e a viagem foi votado na sessão desta semana do Legislativo, realizada na última segunda-feira – dia 18 –, e aprovado por unanimidade.

O pedido de afastamento de Schiavinato vai de 13 a 22 de novembro. O prefeito pretende participar, juntamente com três servidores municipais, do “Curso de Gestão Integral do Desenvolvimento Econômico Territorial”. O evento será realizado entre os dias 14 e 19 do próximo mês na Cidade do México, capital mexicana.

 

 

O convite para a participação toledana no curso, de acordo com o chefe do Poder Executivo, foi feito pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A instituição internacional vai custear as despesas com inscrição, passagens e hospedagem da comitiva toledana.

 

 

Enquanto Schiavinato estiver ausente, a Prefeitura deverá ser comandada pelo vice-prefeito Lúcio de Marchi.

 

Da Assessoria

Unioeste 1144x250px