01   casa de not%c3%adcias 02 %281%29

ECONOMIA

Dívidas com a Fazenda Nacional ultrapassam R$ 2 bilhões na região

Há registro em toda regional de abrangência da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional de Cascavel, cobrindo parte da região Oeste e Sudoeste, de pelo menos 20 mil pessoas físicas e jurídicas que possuem débitos com a Fazenda Nacional. Somadas, segundo o procurador geral, Odair Efraim Kunzler, estas pendências ultrapassam os R$ 2 bilhões. Parte delas está sendo negociada por iniciativa dos próprios devedores, mas a maior parcela ainda consta como inadimplência.

20/10/2010 - 09:32


Kunzler lembra que existem inúmeros pequenos devedores com dívidas de R$ 1 mi, porém, há quem deva até R$ 100 milhões. “São números bastante elevados e que preocupam, mas refletem a realizada do país. O que se pode ver na região Oeste é uma realidade brasileira”, argumentou.
Como no passado o processo de renegociação era bastante burocrático e demorado, pensando na aproximação e na agilidade, a Procuradoria oferece como opção que dividas de até R$ 500 mil sejam renegociadas pelo site www.pgfn.fazenda.gov.br. Os devedores precisam apenas dos documentos pessoais. A guia para pagamento será emitida on line. Dependendo o tipo e o valor da pendência, as negociações podem ser feitas em até 60 meses.

Cobranças judiciais

Para o procurador, o melhor caminho é pagar as dividas antes de uma cobrança judicial, o que vai onerá-la ainda mais. Para ele, as cobranças judiciais poderiam ser evitadas em todas as questões que envolvem pendências financeiras e justifica o porquê da Procuradoria propor as renegociações. “Ao renegociar e pagar a primeira parcela, já é possível obter uma certidão negativa, sair da lista dos inadimplentes”, alerta. “Para uma empresa que deve para a Fazenda, existem inúmeras restrições como, por exemplo, não poder participar de licitações nem tomar dinheiro emprestado com bancos públicos, como Caixa e Banco do Brasil”, conclui.

 

Texto Juliet Manfrin

Unioeste 1144x250px