Banner topo divulga%c3%87%c3%83o

Compassion 857747 1920

GERAL

Unioeste Campus Francisco Beltrão forma 2ª turma de Medicina

O curso de Medicina em Francisco Beltrão foi implantado em 2013 e em 2018 formou sua primeira turma

23/01/2020 - 16:06
Por Assessoria de Imprensa Unioeste


  • Formatura med unioest

    Unioeste Campus Francisco Beltrão forma 2ª turma de Medicina. O curso de Medicina em Francisco Beltrão foi implantado em 2013 e em 2018 formou sua primeira turma. Foto: Victor Hugo Junior/Assessoria de Imprensa Unioeste

Comemorada por acadêmicos e seus familiares como também pela direção do Campus do Centro e de curso, juntamente com seus docentes e colaboradores, o Campus de Francisco Beltrão da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) será sede da colação de grau da segunda turma do curso de Medicina. A solenidade formatura está marcada para esta sexta-feira (24), às 19 horas, no auditório Carlos Maes.

Segundo a diretora do Centro de Ciência da Saúde, professora Franciele Aní Caovilla Follador, serão mais 40 profissionais no mercado de trabalho, e muitos desses egressos têm ficado na região. “Essa era uma expectativa do curso de Medicina, melhorar a oferta de profissionais na região. Desta turma como também na anterior, já tivemos muitas aprovações em programas de residência médica, bem como em concursos públicos”, comentou ela enfatizando ainda que o curso está se consolidando ao longo desses anos, sendo que ainda é preciso ajustar a questão de recursos humanos, pois o curso conta atualmente com 23 docentes efetivos e 20 colaboradores, além de muitos preceptores voluntários que auxiliam na formação dos alunos. “O Centro dá total apoio ao curso e deseja que cada vez mais possamos melhorar nossas condições para atender às demandas do curso e excelência na formação de nossos alunos”.

O curso de Medicina em Francisco Beltrão foi implantado em 2013 e em 2018 formou sua primeira turma. Em 2019, abriu o primeiro curso de Residência Médica em Cirurgia Geral, do qual os primeiros alunos são os próprios egressos da graduação. “Tivemos muitos êxitos neste período, pois, por exemplo, na área de pesquisa dos cinco prêmios de iniciação cientifica o CCS, com o curso de Medicina, foi ganhador de três”, relatou Franciele, lembrando ainda que muitos projetos escritos por professores do curso ganham os editais de órgãos de fomento. “Ainda tivemos a aprovação do curso com nota maior que quatro pelo Conselho Estadual de Educação, sendo reconhecido”, exaltou.