Whatsapp image 2021 02 08 at 19.08.55

SAÚDE

Quatro mortes, 2128 casos ativos, 35 pacientes na UTI e 17 entubados no PAM

O quadro epidemiológico é gravíssimo, novos Decretos fixam ocupação de locais em 30%, autoridades apelam, mais uma vez, para a colaboração da sociedade

08/03/2021 - 20:02
Por Redação


Os números são preocupantes, cresce o número de casos, tempo de internamento, maior gravidade entre o público na faixa etária produtiva. A Secretária de Saúde, Gabriela Kucharski projetou que neste ritmo de crescimento, o município pode chegar, ainda neste mês a quatro mil casos. O reflexo disso é ainda mais preocupante, a Associação de Medicina Intensivista Brasileira estima que, 20% dos infectados podem precisar de atendimento hospitalar e destes, 15% podem precisar de um leito de UTI, isto seria um desastre. Por outro lado, o Prefeito Beto Lunitti disse que apenas 20% do setor econômico em Toledo, não está relacionado ao serviço essencial e que não é “justo”, apenas o comércio ser restringido. Baseado nisso, novos Decretos foram editados e fixam a ocupação dos espaços em até 30% da sua capacidade, além das regras que já estavam previstas.

Quadro Epidemiológico


A média de atendimentos diários, em Toledo, por Síndromes Gripais, que é onde se enquadra a Covid-19, é a maior desde o início do ano passado com 142,7 atendimentos médio dia. O mês de março já teve 12 mortes por Covid. Na semana epidemiológica de 28/02 a 06/03, o município registrou o maior número de novos casos de toda a Pandemia 1093 casos.

Nesta segunda-feira (8), Toledo registrou 117 novos casos da COVID-19, já são 2128 casos ativos, 466 exames em análise. O município tem 87 moradores internados, 52 em leitos de enfermaria e 35 em leitos de UTI. Entre os internados em leitos de enfermaria, 27 deles estão no Pronto Atendimento Municipal Dr. Jorge Milton Nunes, 17 destes se encontram entubados, em uso de respiradores mecânicos, a espera de um leito de UTI.

A secretária de Saúde de Toledo, Gabriela Kucharski, explicou que o comportamento dos casos na última semana aponta variações importantes, entre elas o aumento no tempo de internamento em unidade de terapia intensiva (UTI), com aumento na permanência dos pacientes na UTI, na média, de 16 para 18 dias. Outra preocupação é a quantidade de pessoas contaminadas. Em fevereiro foram 2.633 pacientes confirmados e, somente na primeira semana de março, houve 1.077 casos registrados. 

“Se os números continuarem nesse ritmo, teremos mais de 4 mil contaminados no mês”, disse Gabriela. 

Foram anunciados também nesta segunda-feira, a morte de quatro homens por covid-19, as idades 68, 66, 47 e 78 anos. O município já perdeu 155 vidas para a Covid-19.

Leitos


No início da Pandemia a Macrorregião Oeste de Saúde contava com 71 leitos exclusivos Covid, neste momento, são 229 leitos, todos praticamente lotados e na Regional Toledo a ocupação é 100%. Na manhã desta segunda-feira, 31 pessoas aguardavam um leito de UTI, outras 35 aguardavam um leito de enfermaria. No PAM (antigo Mini Hospital), referência para leitos de enfermaria, já conta com 17 pacientes entubados.

A possibilidade de transferência dos casos graves, para uma UTI em outro município é cada vez mais remota, pois a taxa média de ocupação de leitos de UTI no Estado é de 98%.

No domingo (7), a Macrorregião Oeste demandava de mais 145 leitos de UTI e 89 leitos de enfermaria.

O Chefe da Regional de Saúde Toledo, Alberi Locatelli disse que a SESA está em negociação com o prefeito de Palotina, Luiz Ernesto. Segundo ele foram contratados quatro leitos de UTI, com perspectiva de ampliar. Sobre as equipes para atenderem estes leitos, Locatelli disse que estão remanejando profissionais, possibilidade de contratação de profissionais para repor e substituir profissionais nas equipes. “Estamos buscando leitos, mas infelizmente estamos perdendo vidas e os próximos dias, serão piores. Uma realidade triste”, lamentou.

Estrutura


O município vem adequando a estrutura para atender a demanda crescente da Pandemia. Recentemente fechou algumas unidades básicas de saúde para remanejar servidores no atendimento dos pacientes sintomáticos e na aplicação da vacina.

O PAM – Pronto Atendimento Municipal (antigo Mini Hospital), está organizado para atender os leitos de enfermaria, no entanto, no já são 17 dos pacientes entubados, naquele local. A estrutura conta com respiradores até da UPA e chegou no seu limite para atendimento de alta complexidade.

Empresas como a Sicredi e a Primato estão doando dois respiradores cada uma para o município, no entanto, outro desafio precisa ser vencido, a estrutura do PAM não comporta outros canais de oxigênio. 

O município está tocando uma obra de emergência para canalização de oxigênio para poder receber outros respiradores. Mas a limitação não está só na estrutura física, mas também no RH, um PSS está aberto para contratação de médicos.

 

Decretos 


Basicamente o único setor de entretenimento, cultura, eventos, campeonatos amadores, atividades esportivas coletivas em geral, exceto profissionais estão impedidas de acontecer. Estão proibidas confraternizações de empresas ou famílias, que estão limitadas aos núcleos que já convivem.

Todas as demais atividades terão regras específicas, mas estão autorizadas, com funcionamento limite de 30% da capacidade de ocupação prevista em alvarás. Estabelecimentos que podem acolher mais de 10 pessoas devem fazer aferição de temperatura.

Além do uso obrigatório de máscara de forma correta (cobrindo nariz e boca), distanciamento de 1,5m de uma pessoa para outra, uso do álcool gel, as empresas ficam responsáveis pela fixação de cartazes sobre a capacidade máxima do local e a permitida na Pandemia (30%).

Bancos e Lotéricas também serão responsáveis pela a organização, distanciamento social nas filas, mesmo fora do estabelecimento. Esta regra também, vale para o comércio.

Leia os decretos:


Decreto 64/2021

Publicado no domingo (07) o Decreto Municipal nº 64/2021 aponta as determinações para reabertura do comércio já  a partir desta segunda-feira (08), com validade até às 5h do dia 22. O decreto traz todas as informações sobre horários, formato e penalidades. 

Decreto 65/2021

O Decreto Municipal nº 65/2021, publicado também no domingo (07), mantém a suspensão da cobrança de tarifas no estacionamento regulamentado para veículos (EstaR) em Toledo até o dia 20 de março de 2021.

Decreto 66/2021

Além de estabelecer regras para o comércio, a Prefeitura de Toledo publicou, nesta segunda-feira (08), o Decreto Municipal 65/2021, apontando os critérios para a realização de atividades religiosas coletivas. Segundo a regulamentação, a realização dos atos religiosos deve acontecer preferencialmente de forma não presencial ou mediante atendimento individual. 

Quando for realizado atos presenciais, deve ser observada a ocupação máxima de 30% da capacidade do espaço, o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas, uso obrigatório de máscara facial pelos participantes, higienização das mãos com álcool gel 70% e a observância das demais medidas de proteção e prevenção determinadas pelas Resoluções SESA nºs 632/2020 e 221/2021.

Fiscalização


Segundo o Prefeito, Beto Lunitti no final de semana foram mais de 200 denúncias, de pessoas e estabelecimentos que descumpriam os decretos. Ele advertiu que não há estrutura que dê conta de tantas transgressões, mas que as forças irão fiscalizar e todos que forem alcançados serão multados, seja pessoa física ou jurídica.

 

Casa de not%c3%adcias %281%29