Casa de noticias 794x80px

SAÚDE

Matriz de risco da Covid-19 em Toledo entra em Alerta Amarelo

A melhora do quadro epidemiológico está relacionado com o avanço da vacinação.
25/10/2021 - 18:00
Por Assessoria


Analisando os parâmetros da matriz de risco criada pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), o Centro de Operações Emergenciais (COE) aconselhou a retirada de Toledo do Alerta Laranja para a Covid-19 e colocou o município em Alerta Amarelo, o que representa baixo risco de contaminação pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Numa escala que vai de 0 a 40, Toledo soma três pontos.
 
Dois seis parâmetros avaliados, quatro estão zerados: taxa de ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) adultos por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) na 20ª Regional de Saúde na semana epidemiológica 42/2021 (43,55%, de 17 a 23/10), taxa de ocupação de leitos de enfermaria adulto por SRAG no mesmo período (19,64%), previsão de esgotamento de leitos de UTI (acima de 57 dias) e variação no número de casos de SRAG nos últimos 14 dias (redução de 100%). Dois pontos referem-se à estabilidade no número de óbitos por SRAG nos últimos 14 dias e um em razão do baixo índice de positividade para Covid-19 (5,59% do total de exames realizados).
 
De acordo com o COE, este momento de melhora no quadro epidemiológico ocorre em razão do avanço da campanha de vacinação e também em virtude da consciência da população sobre os cuidados que precisam ser adotados para impedir a disseminação do Sars-Cov-2.

Para o município superar a pandemia, é necessário seguir usando máscara corretamente, passando álcool em gel ou lavando as mãos várias vezes ao dia, evitando aglomerações, mantendo distanciamento social, cobrindo boca e nariz com o braço sempre que tossir ou espirrar e o mais importante: tomar as duas doses da vacina contra a Covid-19 no tempo certo.
01   casa de not%c3%adcias 01 %281%29