Casa de noticias 794x80px

CIÊNCIA

Doutoranda da Unioeste expõe produtos inovadores no 3° International Fish Congress & Fish Expo

Este é o maior evento de cadeia de pescados e reúne em um só local durante três dias o que de mais moderno, tecnológico e novo existe no mercado atual, referente ao setor
25/11/2021 - 13:38
Por Assessoria


Aconteceu na noite desta quarta-feira (24) a abertura oficial do 3° International Fish Congress & Fish Expo, este que é o maior evento de cadeia de pescados e reúne em um só local durante três dias o que de mais moderno, tecnológico e novo existe no mercado atual, referente ao setor. 

O IFC 2021 acontece no Maestra Convention – Recanto Cataratas Thermas e Resort, em Foz do Iguaçu e tem co-organização da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). Durante a primeira noite, autoridades relacionadas participaram do encontro, entre elas a Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias que falou sobre a magnitude desse evento e a importância para o país “A feira realmente está linda, e demonstra o entusiasmo e principalmente o compromisso do setor”. 

Até o próximo dia 26 de novembro participarão mais de 60 conferencistas nacionais e internacionais, são mais de 100 empresas expositoras e discussões relevantes para os participantes, como a realização de um pré-congresso sobre políticas públicas, reunindo secretarias estaduais de agricultura, aquicultura e pesca, órgãos ambientais, órgãos de assistência técnica e extensão rural, de crédito e de sanidade animal, entidades, empresas e profissionais do setor. 

“Hoje a gente vê aqui o desenvolvimento desse setor, os estandes trazendo nutrição, genética, tecnologia mesmo. Ficamos encantados e com a certeza que cada vez é mais promissor o setor de pesca no Brasil”, conta a Ministra da Agricultura Tereza Cristina. 

Unioeste no IFC 

Entre as expositoras está a doutoranda da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Ana Maria da Silva, ela é Engenheira de Pesca, Mestre em biotecnologia Marinha e hoje cursa doutorado em desenvolvimento rural sustentável no campus Marechal Cândido Rondon, da Unioeste. Ela expôs produtos que são resultados de mais de 13 anos de pesquisa, como: tilápia enlatada, pacú enlatado, coxinha de rã enlatada e o sorvete de peixe “São produtos que podem ficar armazenados por até 4 anos na prateleira, já o sorvete surgiu de uma experiência pessoal, para pacientes com câncer. Minha filha teve câncer gestacional e não conseguia comer então utilizei a enzima da tilápia, transformei em líquido e inseri no sorvete, era uma forma de aliviar as feridas da boca e ingerir uma proteína”, explica a doutoranda Ana Maria. 

Além da doutoranda Ana Maria da Silva, a Unioeste também estava representada pelo vice-reitor Gilmar Ribeiro de Mello; o Pró-reitor de Administração e Finanças Geysler Rogis Flor Bertolini, o Prof. Aldi Feiden, do campus de Toledo, Mari Presrlak da Fundação do Desenvolvimento de Pesquisa (Fundep) e o professor e assessor executivo Cláudio Roberto Marquetto Maurício. 

Sobre o IFC 2021 

O tema geral do IFC 2021 – “Das águas à mesa do consumidor: por uma cadeia competitiva, sustentável e focada no mercado global” – oferece uma ideia geral da abrangência do evento. 

O 3º International Fish Congress tem a coorganização da Fundação de Apoio ao Ensino, Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação (FUNDEP) e da UNIOESTE com patrocínio do SEBRAE e apoio da Secretaria Nacional de Aquicultura e Pesca (SAP) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Governo do Estado do Paraná; Associação Brasileira de Reciclagem Animal (ABRA), Associação de Produtores de Peixes do Brasil (Peixe BR), Associação das Indústrias de Pesca (ABIPESCA), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Agência de Fomento do Paraná, Sanepar e Copel. O IFC 2021 conta ainda com o apoio da Organização das Cooperativas do Paraná (OCEPAR) e Sistema FAEP/SENAR-PR. 

 

01   casa de not%c3%adcias 01 %281%29