01   casa de not%c3%adcias 02 %281%29

SEGURANÇA

Fiscalização intensa do Corpo de Bombeiros leva tranquilidade e segurança às praias de água doce da Costa Oeste

Em quase um mês de Verão Paraná – Viva a vida (2021/2022), não houve óbitos em áreas protegidas. Entre 10 de dezembro de 2021 até 5 de janeiro de 2022, o Corpo de Bombeiros orientou 5.210 pessoas e advertiu 2.043 banhistas.
10/01/2022 - 08:08
Por Por AEN


Um intenso trabalho de fiscalização e de monitoramento está sendo feito pelos Guarda-vidas do Corpo de Bombeiros nas cidades da Costa Oeste do Paraná. Ações preventivas estão sendo promovidas nas praias de água doce banhadas pelo Rio Paraná, locais que estão mais movimentados pela presença de turistas e veranistas. Em quase um mês de Verão Paraná – Viva a vida (2021/2022), não houve óbitos em áreas protegidas. De acordo com o Corpo de Bombeiros o único óbito ocorrido nas praias de água doce da região, foi fora do horário de atendimento dos Guarda-vidas e em local proibido. Os dados estão no balanço da corporação deste domingo (9) e compreendem o período de 10 de dezembro de 2021 a 5 de janeiro de 2022.

“Este óbito ocorreu em Santa Helena e o jovem entrou em área proibida e fora da área do posto de Guarda-Vidas. Mesmo assim, os Guarda-vidas de prontidão e até de folga foram chamados e fizeram todas as manobras de reanimação necessárias, encaminhando-o ao hospital”, relata o Tenente-coronel Antônio Schinda, Comandante do 3º Comando Regional de Bombeiro Militar (3º CRBM). “Recomendamos a todo cidadão que banhe-se apenas em local protegido e durante horário que conta com nossos profissionais, os quais sempre estão atentos para evitar afogamentos”, enfatiza. “Pedimos às pessoas que procurem locais que contenham bandeiras vermelho sobre amarelo e postos Guarda-vidas e, em hipótese nenhuma entrem na água à noite, fora do horário ou em local proibido”, acrescenta o tenente-coronel.

Ainda de acordo com o levantamento do 3º CRBM, que abrange 136 municípios da Costa Oeste, no período de 10 de dezembro de 2021 até 5 de janeiro de 2022, o Corpo de Bombeiros orientou 5.210 pessoas e advertiu 2.043 banhistas, distribuiu 57 pulseirinhas de identificação para crianças, atendeu 24 incidentes com animais aquáticos e registrou 22 crianças perdidas nas praias de água doce da área.

O comandante do Verão Paraná – Viva a vida (2021/2022) pelo Corpo de Bombeiros da Costa Oeste, tenente Misael Duarte, avaliou a primeira fase da operação na região. “Tendo em vista o recente período de alta da pandemia da Covid-19, que restringiu o número de pessoas em relação a esse ano, que foi flexibilizado o acesso e teve como consequência o aumento considerável no número de banhistas, o balanço no geral, do Corpo de Bombeiros da região, das primeiras semanas, é positivo, sem nenhuma gravidade e, principalmente, sem nenhum óbito em local protegido e durante os serviços dos guarda-vidas”, disse.

CRIANÇAS - Segundo o tenente Duarte, a faixa etária que está recebendo mais advertências do Corpo de Bombeiros na Costa Oeste é a das crianças, em decorrência, muitas das vezes, de estarem distantes dos pais ou responsáveis. Para o tenente Duarte, outra situação que chamou atenção neste período do Verão, é a incidência de crianças perdidas nas praias da região oeste.

“Esse ano tivemos 22 situações de crianças perdidas e os nossos guarda-vidas conseguiram encontrá-las e entregá-las aos pais. Foi algo considerável por serem praias de água doce e fechadas, local bem menor em comparação com o litoral paranaense e mesmo assim tivemos esses incidentes”, esclarece. “Por isso pedimos aos pais que não se distanciem de seus filhos e peguem a pulseirinha conosco para colocar neles”, lembra Duarte.

O planejamento dos Bombeiros nesta região inclui ainda um aporte de viaturas, embarcações e equipamentos modernos nas atividades a beira do Rio Paraná, nas prainhas frequentadas pela população nas cidades próximas à Foz do Iguaçu, como Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Itaipulândia, Entre Rios do Oeste e Santa Helena. Nos pontos de maior procura por lazer e banho de Rio, são aplicados guarda-vidas para orientar as pessoas a entrarem na água.
Unioeste 1144x250px