Casa

TOLEDO

Prefeitura de Toledo anuncia 11% de reajuste salarial e avanços para os servidores municipais

A live trouxe outras informações como o novo valor do vale alimentação, que terá um incremento de 12,5%, passando para R$ 450,00, a retomada do pagamento de progressões por mérito, titulação e qualificação que estavam suspensos
16/02/2022 - 00:16
Por Prefeitura de Toledo


Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais da Prefeitura de Toledo, o prefeito Beto Lunitti e a secretária de Recursos Humanos Marta Fath anunciaram o percentual de reajuste salarial para os servidores municipais. Serão concedidos 11% de aumento, sendo 10,59% referente à inflação do período, mais complemento de 0,41%. A medida vai gerar um impacto de R$ 2.004.378,31 milhões na folha salarial da administração municipal. 

Além deste anúncio, a live trouxe outras informações como o novo valor do vale alimentação, que terá um incremento de 12,5%, passando para R$ 450,00, a retomada do pagamento de progressões por mérito, titulação e qualificação que estavam suspensos em decorrência da Lei Federal Nº 173/2020, inclusive com os retroativos, a contratação de 111 profissionais somente em 2022 e, conforme as últimas convocações, aproximadamente 150 servidores em processo de admissão, além da abertura de novos concursos públicos e a aplicação de 100% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) na folha salarial dos professores.

Reajuste e reposição salarial - A Prefeitura de Toledo também anunciou hoje que irá conceder o reajuste de 11%, sendo 10,59% referente a inflação do período, mais complemento de 0,41%. A medida vai gerar um impacto de R$ 2.004.378,31 milhões na folha salarial da Secretaria de Recursos Humanos. 

Vale Alimentação - O vale alimentação também teve um aumento considerável saindo de R$ 400,00 para R$ 450,00, uma valorização de mais de 12,5% que já poderá ser acessado no dia 25 de fevereiro. 

Pagamento de progressões - A Prefeitura de Toledo retomou em janeiro os pagamentos de progressões por mérito, titulação e qualificação que estavam suspensos em decorrência da Lei 173/2020. A medida beneficia cerca de 1.800 servidores cuja base da remuneração já foi atualizada. Esses pagamentos representam um total de R$ 2.240.074,47 nas despesas com pessoal.

Contratação de servidores municipais - Durante a vigência da Lei Nº 173/2020 o município só podia contratar servidores para reposição em casos de exoneração, aposentadoria ou outros desligamentos. Foram contratados 111 servidores para ampliação do quadro funcional desde os primeiros dias de janeiro até hoje. Destes, 46 foram para atuar na Secretaria de Educação (sendo 42 professores) e 31 profissionais da área de saúde. Ainda nesta terça-feira (15), foram convocados mais 78 profissionais, sendo a maioria para Saúde e Smed.  

Fundeb - Em 2021 Toledo recebeu do Fundeb R$ 72.005.517,58. Deste total, R$ 66.636.703,45 foram utilizados em vencimentos e encargos de profissionais da Educação Infantil e das séries iniciais (1º ao 5º ano) do Ensino Fundamental, o que representa 92,54%. O restante deste (7,46% ou R$ 5.368.814,13) foi empregado no pagamento de despesas como vale-alimentação e pequenos reparos em escolas e centros municipais de educação infantil (Cmei). As intervenções de maior porte foram realizadas com recursos próprios do município.
 
Convocação - A Secretaria de Recursos Humanos (SRH) publicou no Diário Oficial desta terça-feira (15) mais uma convocação de profissionais aprovados em Concursos Públicos e Processos Seletivos Simplificados (PSS’s). A medida tem o intuito de ampliar o quadro funcional de diversas Secretarias, em especial às de Saúde e Educação. Ao todo, foram chamados 78 novos servidores municipais. As funções atendem necessidades urgentes de reposição, como por exemplo, o de professores (28 no total).