Casa

CULTURA

Coleção de cerâmica do Museu de Arte de Cascavel passa a integrar acervo do Museu Digital da UNILA

O lançamento da exposição virtual será nesta quinta-feira (19) às 19h, com uma live que vai reunir representantes da UNILA e do MAC, para falar sobre a cooperação como forma de fortalecimento e expansão das práticas museais
19/05/2022 - 13:36
Por Assessoria


A partir desta quinta-feira (19), o Museu Digital da UNILA (MUD) apresenta uma mostra do acervo de cerâmica popular paraguaia do Museu de Arte de Cascavel (MAC). O lançamento da exposição virtual será às 19h, com uma live que vai reunir representantes da UNILA e do MAC, para falar sobre a cooperação como forma de fortalecimento e expansão das práticas museais para além dos espaços institucionais e territoriais. A ação integra a programação da 20ª Semana Nacional de Museus. Para assistir, acesse https://bit.ly/livemuseus.

A coleção digital ficará disponível em https://museudigital.unila.edu.br/. A digitalização é uma das ações do acordo de cooperação técnica entre a Pró-Reitoria de Extensão da UNILA e a Prefeitura Municipal de Cascavel, assinado no mês de março, que prevê ações conjuntas no campo da cultura, da arte e do patrimônio. O acervo que está há 25 anos no museu cascavelense foi digitalizado e catalogado pela equipe do MUD, com o apoio da equipe de museologia do MAC.

Para a coordenadora do MUD, Michele Dacas, a disponibilização do acervo em formato on-line poderá estimular novas pesquisas e projetos culturais. “A digitalização e virtualização de acervos ocorre não no sentido da substituição da organização e visitação das exposições físicas, mas no intuito de se somar a elas, convergindo modalidades expográficas e contribuindo para a ampliação do acesso, como também para a preservação de objetos de memória sob custódia dos museus. Com a digitalização da coleção de cerâmica popular paraguaia do MAC, além da esfera virtual desterritorializar o acesso a essa exposição, é possível prever que o acesso on-line possa estimular pesquisas e atividades de ensino sobre a cerâmica latino-americana e suas variadas técnicas, materiais e expressões”, explicou.

Convênio

A execução do plano de trabalho do convênio de cooperação entre a UNILA/PROEX e a Prefeitura de Cascavel iniciou-se na primeira semana de maio, com uma agenda comum para conhecer os equipamentos públicos e as práticas de gestão da cultura e da memória desenvolvidos na cidade. Além da coordenação do MUD, participaram as docentes Andreia Moassab, do curso de Arquitetura e Urbanismo, e Rosângela Jesus da Silva, do curso de História, que integram o Grupo de Trabalho de Difusão Museal e Curadoria da UNILA. “Em vários momentos da visita, o secretário de cultura de Cascavel, Luiz Ernesto Meyer Pereira, demonstrou a compreensão da importância da UNILA para o campo da cultura e a relevância desta cooperação para a região oeste do Paraná. Esse foi, também, um momento de aproximação e elaboração de propostas em muitas frentes”, conta Michele.

Inicialmente, a cooperação bilateral foi firmada como forma de inserir os acervos que estão disponibilizados através do museu digital nos espaços museológicos de Cascavel e, em contrapartida, incluir os acervos físicos no espaço virtual do MUD. Já está definida a mostra de obras das artistas Fayga Ostrower e Elizabeth Titton, em Cascavel. Fruto da doação de obras que a Universidade recebeu do Instituto Fayga Ostrower no ano passado, a coleção tem 26 obras entre gravuras e pôsteres, que foi entregue ao MAC para resguardo em sua reserva técnica por um período de, pelo menos, cinco anos.

O plano de trabalho da cooperação também pode agregar outros setores, projetos e ações de ensino e pesquisa que possam ser vinculados a partir de uma agenda anual comum. Entre as possibilidades que surgiram na visita da comitiva da UNILA, está a colaboração com o curso de Arquitetura para a curadoria da Bienal de Arquitetura que ocorrerá em 2023 e o desdobramento de projetos de pesquisa, visitas acadêmicas e atividades de ensino com base nos acervos e laboratórios do Museu Histórico e do Museu da Imagem e do Som.