Banner topo divulga%c3%87%c3%83o

Compassion 857747 1920

GASTRONOMIA

Receita de família: o eterno bolinho da vovó

As gerações passaram e a receita continuou a fazer parte da história da família Soares de Andrade

01/06/2016 - 17:49
Camila Andrade

Camila Andrade

Curiosa por natureza e jornalista por formação. Sonha em ser cidadã do mundo e vive a lapidar a própria alma. Viciada em música, livros, viagens e café.


  • Bolinho da vov%c3%b3   foto ilustrativa de banco de imagens %281%29

    Crédito: Pixabay

Todo mundo compartilha da opinião de que a comida da mãe é a melhor que existe. Já parou pra pensar na comida da mãe da nossa mãe? Isso mesmo, a gastronomia tem muito da tradição, e não é só de um país, de uma cidade, de um povo... É de família e cada uma tem a sua. A receita que se perpetuou nos “Soares de Andrade” é tão simples quanto o amor sincero que a transmitiu ao longo dos anos. O bolinho da vovó tem sabor de nostalgia.

Para Maria Dolores de Andrade, sempre faltam palavras para descrevê-lo.  Com o olhar distante, como o de quem viaja no tempo sem sair do lugar, lembra de como o saboreava na infância. A receita que hoje prepara foi ensinada pela mãe, Dona Deraldina Gomes de Andrade, que por sua vez, aprendeu com a mãe, Senhorinha Rodrigues de Queiroz. “Ela nunca errava. Era sempre macio por dentro e crocante por fora. O sabor sempre no ponto. Nunca sem sal de mais ou de menos, nem açúcar”, lembra.

A filha da Dona Deraldina também recorda como a receita conquistou o pai, José Soares de Andrade, o Zé Baiano. “Ele sempre pedia: Deralda faz o bolinho torcido pra mim, que era como ele chamava. E ela alertava: você não pode comer mais que três por causa da sua diabetes”.

Hoje, dois anos após a morte da matriarca, Marina Dolores tem a missão de preparar a delícia para os filhos, que afirmam: Não é igual. “Ela e as minhas tias sempre tentam, mas nunca fica como o da Vó. Ou fica macio demais ou duro demais. Mas é muito gostoso e também nos traz boas lembranças da infância, quando a mãe fazia junto com a vó para trazermos para casa”, contou William de Andrade, de 23 anos.

O fato é que as gerações passaram e a receita continuou a fazer parte da história da família. E por Maria Dolores e os onze irmãos continuará, afinal, os filhos não só amam, como já estão apreendendo a preparar o eterno: bolinho da vovó.

Ingredientes:

- 3 ovos

- 1 xícara de leite morno

- 1 colher de fermento em pó

- 1/5 xícara de açúcar

- 1 pitada de sal

- Farinha de trigo (até o ponto de enrolar com a mão)

[+] ingrediente secreto

Modo de preparo:

Bater no liquidificador apenas as claras de ovos. Acrescentar as gemas, o açúcar e bater bem. Acrescentar leite, fermento em pó, sal e o trigo. Amassar até o ponto de enrolar com a mão. Fritar em óleo quente.