-

Compre casa

SAÚDE

Oftalmologista de Toledo tem artigo publicado em revista internacional

O trabalho publicado na Retinal Cases & Brief Reports trata de uma infecção ocular em paciente usuário de medicamento imunobiológico por doença reumatológica

 

08/08/2018 - 14:29


  • 1533749193360fae9a11e86c40c8f71f6acf889661

    Foto: Daniel Felício/Agência Casa de Notícias

  • Tuberculose ocular 1 dr. gl%c3%a1ucio bressanim

    Foto: Free Images

Dizer que produção científica existe apenas nos grandes centros é coisa do passado. Em cidades do interior também há profissionais gabaritados que perpetuam suas ideias e consolidam conhecimento. Na região oeste do Paraná, por exemplo, o oftalmologista do Hospital da Visão de Toledo (HVT), Gláucio Bressanim, apresentou um relato de caso no XX Congresso Brasileiro de Uveítes, em Belo Horizonte, no ano passado, que foi transformado em artigo científico e recentemente publicado em uma revista internacional.

O artigo publicado na revista Retinal Cases & Brief Reports, que é referência na publicação de casos em oftalmologia, trata do uso de uma infecção ocular em um paciente usuário de medicamento imunobiológico receitado frequentemente pela área de reumatologia. A medicação melhora a qualidade de vida do paciente em relação à doença reumatológica, mas, em contrapartida, pode predispor a doenças infecciosas, ainda que antes do uso seja feita uma investigação prévia para excluir algumas infecções. “No caso estudado, o paciente começou o tratamento e apresentou melhoras em relação a sua doença de base. Entretanto, passou a ter alterações no olho que eram compatíveis com a tuberculose. Após uma investigação, a patologia foi confirmada”.

Quando o caso foi apresentado no Congresso, outro oftalmologista relatou um caso semelhante. Logo, os dois quadros foram unificados com o intuito de elaborar um trabalho para ser submetido a uma revista. “Na literatura médica existem pouquíssimos relatos de casos semelhantes, tanto que foi aceito em uma revista internacional pelo fator inédito de associação do medicamento ao desenvolvimento da tuberculose ocular”, explana oftalmologista.

Gláucio Bressanim ressalta que a participação em congressos é um meio de todos os profissionais se manterem atualizados. “É um intercâmbio de conhecimento, networking e produção científica. São nesses eventos que há a troca de ideias e que pedimos a opinião de outros profissionais acerca de pacientes atendidos. Além disso, a publicação desses dois casos em uma revista científica pode servir de alerta para outros profissionais que se deparem com casos similares em pacientes em seus consultórios”.

Pesquisa no Oeste do Paraná

O oftalmologista destaca que a produção científica da área na região oeste do Paraná ainda é pequena, apesar dos bons profissionais existentes. “Com a vinda da Universidade Federal do Paraná – UFPR para Toledo com o curso de Medicina, pode facilitar bastante o desenvolvimento de pesquisas, pois uma grande instituição oferece uma boa estrutura e um comitê de ética para aprovação de pesquisas”, comenta Bressanim.

Ele destaca que todas as pesquisas da área passam pela aprovação de Comitês de Ética, comumente ligados a universidades, antes de serem iniciadas. “No geral, as universidades investem em pesquisas, mas é um investimento baixo perante países desenvolvidos. Quem produz ciência no Brasil pode ser considerado um herói”, afirma o oftalmologista.

Hospital da Visão de Toledo

O Hospital da Visão de Toledo (HVT) oferece atendimento em oftalmologia geral, clínico e cirúrgico, com ênfase em cirurgia do segmento anterior, como catarata, e alguns procedimentos do segmento posterior do olho, como aplicações de medicamentos e fotocoagulação a laser. A unidade médica conta com três oftalmologistas independentes e atende de forma particular e/ou por meio de convênios, como UNIMED, SerPrati e o Sistema Nacional de Atendimento Médico (Sinam).

Sobre Doutor Gláucio Bressanim

Gláucio Bressanim é graduado em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), onde também fez residência entre 2004 e 2007. É especialista em inflamação intraocular (Uveíte) pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP) e em Retina e Vítreo pela Universidade de São Paulo (USP). Atua no Instituto da Visão de Cascavel desde 2009 e desde 2011 atende também no Hospital da Visão de Toledo.