Banner topo divulga%c3%87%c3%83o

Autismo selo

SAÚDE

Projeto de Lei propõe que formados em medicina de universidades federais atuem na rede pública de saúde

Novos médicos estariam condicionados por seis meses a prestarem serviço no sistema público em locais onde há carência de profissionais

15/03/2019 - 16:28


  • Unnamed

    Os serviços dos profissionais seria remunerado, a obrigação é o atendimento por seis meses na rede pública

Brasil busca equilíbrio em atendimentos

Segundo o Conselho Federal de Medicina, em 2018, se formaram cerca de 25 mil médicos no Brasil, representado um aumento de 5,5% por ano. Hoje, são mais de 470 mil profissionais registrados frente a 365 mil contabilizados em 2010, um acréscimo de 25%.

Mesmo assim a distribuição desses profissionais continua sendo um problema. Enquanto que no Distrito Federal há 4,35 médicos para cada mil habitantes, média semelhante à da Suíça, estados do Nordeste, como o Maranhão possuem 0,87 médico para cada mil habitantes. Em municípios com menos de 5 mil moradores a taxa média chega a 0,3 médicos para cada mil habitantes, taxa semelhante à de países africanos.

Apesar do aumento do número de vagas nos cursos de medicina, 65% delas estão no setor privado. Mas pela primeira vez a maioria dela, 57%, está localizada em cidades do interior.