Banner topo divulga%c3%87%c3%83o

Autismo selo

EDUCAÇÃO

Paraná Promove A Semana de Prevenção e Combate ao Bullying

A data alusiva tem como objetivo alertar toda a comunidade escolar e a sociedade em geral sobre os danos causados pela prática em crianças e adolescentes, como problemas psicológicos, de sociabilidade e até de violência física

08/04/2019 - 14:27


  • Bullying 3089938 640

    Ilustrativa Pixabay

Anualmente na semana do dia 7 de abril o Paraná promove a ‘Semana de Prevenção e Combate ao Bullying”. A data foi inserida no Calendário Oficial de Eventos do Estado por meio da Lei 19.678 de 2018de autoria do deputado José Carlos Schiavinato.

A data alusiva tem como objetivo alertar toda a comunidade escolar e a sociedade em geral sobre os danos causados pela prática em crianças e adolescentes, como problemas psicológicos, de sociabilidade e até de violência física. Para isso promovem-se ações integradas entre a Secretaria de Educação e as instituições de ensino do Estado.

Para este ano, aconteceu antes do início das aulas o ‘Seminário Aprendizagem em Foco’ ofertado para todos os 2100 mil diretores de escolas da Rede Pública de Ensino. O Programa Conexão Professor trouxe a palestra “Bullying não é brincadeira com Ângela Mendonça ligada às Promotorias da Criança e do Adolescente do Ministério Público e à Secretaria de Justiça, Família e Idoso além da webconferência “Clima Escolar: orientações práticas para a segurança e convivência escolar” dirigida para aos Núcleos Regionais de Educação (NRE), equipes gestoras dos colégios, conselhos escolares a associações de pais e mestres.

A Secretaria de Educação do Paraná também encaminhou para os estudantes, aos pais, funcionários e professores um ofício referente ao bullying, além de um material específico para subsidiar as ações durante a semana. As escolas também foram orientadas a criarem estratégias curriculares que promovam a cultura de Educação em Direitos Humanos que possam ser inseridas no Projeto Político Pedagógico.

Para Schiavinato a lei foi importante para que o combate ao bullying seja uma constante dentro das políticas públicas educacionais. “Vemos que o Paraná tem se preocupado em inibir a prática nas escolas durante todo o ano, e isso passa desde a formação dos profissionais até a orientação dos alunos e da família, para que consigam identificar os sinais e ajudar a combater o bullying e promover a diversidade no ambiente escolar”.