Banner topo divulga%c3%87%c3%83o

Compassion 857747 1920

CULTURA

Grupo teatral paraibano quer promover um resgate das brincadeiras populares no Festin

Espetáculo “Troca-se histórias por brincadeiras”, do grupo “Arretado Produções Artísticas” promete encantar crianças, jovens e adultos

12/08/2019 - 18:30


  • Festin   arretado produ%c3%a7%c3%b5es   foto de nelson alexandre %282%29

Você se recorda das brincadeiras da sua infância? Tem saudade do tempo em que os brinquedos eram mais manuais e menos tecnológicos? Então uma boa oportunidade para reviver e proporcionar essa experiência para as crianças é participar da edição de 2019 do Festin, o Festival de Teatro Infantil de Cascavel, que vai acontecer entre os dias 10 e 15 de setembro. Entre as companhias teatrais selecionadas está a “Arretado Produções Artísticas” que trará para Cascavel um espetáculo que visa justamente um resgate das brincadeiras populares esquecidas por conta da tecnologia. 


Em “Troca-se histórias por brincadeiras”, o velho palhaço Dengoso e seu sobrinho Pitoco vivem pelo mundo a brincar com as pessoas: andam de cidade em cidade trocando suas brincadeiras por quem queira contar uma história para eles. Já idoso, Dengoso faz qualquer negócio para quem queira narrar um conto, uma fábula ou mesmo um pedaço de sua vida. Quem conta uma história, ganha uma brincadeira e é nessa troca que a narrativa do espetáculo acontece, de forma interativa, dinâmica e lúdica, deixando crianças, jovens e adultos encantados. No Festin 2019, serão três apresentações gratuitas da companhia: no dia 13 de setembro (sexta-feira) às 16h ao lado da Biblioteca Municipal; dia 14 de setembro (sábado) às 10h no Calçadão da Avenida Brasil e no dia 15 de setembro (domingo) às 16h no Lago Municipal.


O público pode esperar uma peça de palhaçaria cheia de humor ingênuo. “É um espetáculo tipicamente nordestino, com sotaques, gagues e promovendo um intercâmbio de culturas. Promovemos o resgate do circo, das relações humanas e do desenvolvimento infantil, fazendo com que a criança descubra sozinha como resolver problemas e descubra-se como uma pessoa capaz de conhecer e aprender”, comenta o diretor do espetáculo, Edilson Alves, que é produtor cultural natural de João Pessoa, especialista em arte-educação. 


A peça já tem quatro anos de estrada, passou por vários estados e agora está chegando ao Paraná por meio do Festin. Serão mais de três mil quilômetros percorridos pela companhia para a apresentação em Cascavel. “A nossa expectativa sempre é a melhor possível quando somos selecionados para participar de um evento nacional, desde como podemos colaborar com a troca de experiências, como podemos contribuir com o sucesso do festival, o que vamos levar de volta para nosso estado. Esperamos que o teatro nordestino agrade o povo de Cascavel. Quando atuamos para crianças estamos abrindo o caminho que vai do sonho à realidade. Estamos propiciando a criação através da arte, da imaginação, da sensação, da cor...”, detalha Edilson, complementando que o Festin terá um gostinho especial para ele, já que o festival vai fazer uma homenagem póstuma a Simão Cunha, um artista paraibano que ele conhecia e admirava.


Sobre o Festin


O Festival de Teatro Infantil de Cascavel nasceu com a proposta de despertar o interesse das crianças pelo universo teatral, incentivando que elas assistam mais peças e se motivem a encenar também. A primeira edição aconteceu em 2017 e teve 20 apresentações gratuitas durante uma semana em vários locais da cidade: praças, calçadas, parques e salas de concerto. Em 2019, o Festin retorna maior e mais completo. Neste ano, o projeto, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura e patrocinado pela Syngenta, teve uma seleção que abrangeu companhias de todo território brasileiro. 


A produção é feita por duas irmãs apaixonadas pela área cultural: a atriz Cynthya Borges e a produtora Bruna Bailey. Para saber mais sobre o Festin 2019, acesse:www.festincascavel.com.br e acompanhe as novidades pelas redes sociais: www.instagram.com/festincascavel e www.facebook.com/festincascavel.