Banner topo divulga%c3%87%c3%83o

Compassion 857747 1920

CIDADANIA

Crea-PR realiza Fórum de Acessibilidade em Toledo

Haverá ainda uma fiscalização sobre acessibilidade no terminal de ônibus da cidade

19/08/2019 - 20:05


  • Terminal urbano   dielson pickler 1

Neste dia 22 de agosto, das 19h às 22h, Toledo sediará o 6º Fórum de Acessibilidade de 2019 do Crea-PR, na Universidade Paranaense (Unipar), na Av. Parigot de Souza, n. 3636, no Jardim Prada. O evento, que tem como objetivo difundir leis e normas que determinam a acessibilidade no país e definir ações em conjunto entre todos os profissionais e órgãos responsáveis da área, já foi realizado este ano em Curitiba, Ponta Grossa, Guarapuava, Campo Mourão e Arapongas.  Depois de Toledo, ainda acontece em Pato Branco no dia 26 de agosto e Bandeirantes no dia 21 de outubro. “Nosso objetivo com os Fóruns é sensibilizar e motivar os poderes públicos sobre o entendimento e  implantação de políticas de acessibilidade; atualizar os profissionais e estudantes das engenharias e agronomia quanto às leis e normas de acessibilidade; apresentar as oportunidades de atuação no segmento e promover o diálogo das autoridades federais, estaduais e municipais com o Ministério Público, Tribunal de Contas, Associações e Ongs que atuam em defesa das PcD” reforça o Presidente do Crea-PR, Engenheiro Civil Ricardo Rocha.

A Comissão de Acessibilidade tem o objetivo de definir as políticas do Conselho no que diz respeito às questões de acessibilidade, além de analisar os relatórios oriundos das fiscalizações solicitadas pelos órgãos competentes. Trabalha, ainda, na divulgação da legislação para otimizar a qualidade de vida das pessoas com deficiência e idosos.

Fiscalização

Na mesma data do Fórum, dia 22/08, às 15h, será realizada uma ação de Fiscalização de Acessibilidade no Terminal Rodoviário de Toledo, que fica na Rua Barão do Rio Branco, n. 2526, Centro.

Na cidade de Toledo, de acordo com o Gerente da Regional do Crea-PR, Engenheiro Civil Geraldo Canci, houve uma evolução nos últimos anos com relação a Acessibilidade, especialmente nas obras públicas e nas questões de calçadas, sinalização e nas novas obras realizadas na cidade, porém, ainda há muito a ser feito. “O objetivo é que obras, calçadas, espaços públicos, mobiliários, equipamentos urbanos, edificações e meios de transportes, proporcionem segurança, autonomia, informação e comunicação à todos.”, diz.

Canci lembra ainda que a função do Crea-PR com a fiscalização é buscar a conscientização dos profissionais responsáveis pelo planejamento e construção das cidades, além dos gestores públicos e da sociedade em geral. “Temos que ser multiplicadores de informações e de ações para buscarmos uma melhoria na qualidade de vida para todos, independentemente da idade ou da condição física. Por isso nas Engenharias hoje não é mais admissível um projeto ou uma obra sem Acessibilidade ou que não atenda as pessoas com deficiências e/ou com mobilidade reduzida, obesas, idosos, gestantes ou crianças nessas condições. Precisamos pensar melhor e estruturar os espaços urbanos”, alerta.

Programação

19h – Recepção e Apresentação Cultural
19h20 – Abertura
19h50 – Palestra: Acessibilidade no espaço público – Eng. Civil Célia Neto Pereira da Rosa
20h20 – Palestra: Arborização Urbana x Acessibilidade na Mobilidade Urbana – Eng. Agrônoma Marlene de Lurdes Ferronato
20h50 – Palestra: Acessibilidade em Toledo na visão das pessoas com deficiência – Primo João Momoli
21h– Palestra: Acessibilidade em Toledo – Secretário de Planejamento Norisvaldo Penteado
21h20 – Debate
22h – Encerramento

 

Manual de Acessibilidade

O Confea, o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, disponibiliza um Manual Prático de Acessibilidade para consulta gratuita no link: http://www.confea.org.br/sites/default/files/2019-05/CARTILHA_ACESSIBILIDADE_WEB.pdf

Fote: Assessoria