Banner topo divulga%c3%87%c3%83o

Compassion 857747 1920

SAÚDE

Equipe de Cuidados Paliativos é premiada em congresso em São Paulo

O reconhecimento do serviço em construção refletiu na premiação como segundo melhor trabalho oral dentre todos apresentados no congresso

04/12/2019 - 09:30


  • Paliativos

O pioneirismo do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP) em formar uma equipe de assistência, bem como focar no ensino de qualidade, coloca Cascavel no mesmo patamar dos grandes centros médicos de excelência no Brasil.

Nos dias 28 a 30 de novembro foi realizado em São Paulo, o II Congresso Paulista de Cuidados Paliativos. Cascavel foi representada por membros da Equipe de Cuidados Paliativos do HUOP: Dr Gabriel Kreling e Dr Thiago Giancursi (coordenadores da equipe), a fonoaudióloga Silvana Duarte e a fisioterapeuta Luciana Wille, a residente de clínica médica Dra Elaine Forgiarini além dos integrantes da Liga de Cuidados Paliativos da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e o Centro Universitário FAG.

A equipe apresentou oito trabalhos recebendo um feedback positivo dos avaliadores ao depararem com uma equipe que trabalha há pouco mais de um ano apresentando tantos resultados de qualidade, além de divulgar e difundir o tema. O reconhecimento do serviço em construção refletiu na premiação como segundo melhor trabalho oral dentre todos apresentados no congresso. O trabalho premiado tem como título: “Cuidados Paliativos em Condições Neurológicas: análise do perfil epidemiológico e desfecho de pacientes hospitalizados”.

Para Dr Gabriel Kreling a premiação deste trabalho reflete o bom serviço que a Equipe de Cuidados Paliativos vem prestando para os pacientes e familiares do HOUP.  Umas das características elogiadas pelos avaliadores foi a presença de acadêmicos na apresentação dos trabalhos. Para os coordenadores da equipe, envolver os alunos nessa visão integral do paciente é de extrema valia para a formação de bons profissionais, sendo este um dos objetivos do serviço: contribuir para o ensino e para o crescimento profissional e individual de alunos de graduação e pós-graduação (residência) das diversas áreas da saúde.

O Cuidado Paliativo é uma abordagem de cuidado para familiares e pacientes que possuem uma doença grave incurável que cause sofrimento – seja ele físico, emocional, social ou espiritual/existencial. Atentar para o cuidado do sofrimento quando não se pode curar ou tratar é outro objetivo, com valores como humanização e respeito à dignidade do paciente, o hospital busca dar qualidade de vida aos últimos anos, meses, semanas e dias de vida do paciente e seus familiares atendidos.

Para isso, é preciso uma equipe determinada e empenhada – médicos, enfermeiros, psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, farmacêuticos, assistentes sociais, nutricionistas – que investe em muito cuidado para possibilitar a melhora da qualidade de vida. Por fim, Dr Gabriel Kreling enfatiza que participar desse congresso e receber o prêmio possibilitou uma atualização, a divulgação do nosso trabalho, conhecer a realidade de outros serviços. “Isso nos motiva e nos alegra. Temos muito trabalho pela frente!”, conclui Kreling.