Casa de noticias

Compassion 857747 1920

SAÚDE

Toledo tem oito novos casos e confirma circulação comunitária

Um dos infectados é uma jovem de 21 anos, sem histórico de doenças pré-existentes e, inspira cuidados pela evolução do quadro

29/05/2020 - 18:45
Por Redação com informações Secom


  • Coronavirus 4817450 640 %281%29

Com os novos casos confirmados quinta e sexta-feira, Toledo totaliza 28 casos registrados. O anúncio foi feito na tarde desta sexta-feira (29), pela Secretária de Saúde, Denise Liel e o porta voz do Centro de Operações e Emergência – COE, Dr. Fernando Pedrotti. A situação segundo Pedrotti confirma a transmissão comunitária de coronavírus em Toledo.

Até às 11h desta sexta-feira, os Hospitais de referência para Toledo, a ocupação de leitos de UTI no Hospital Moacir Micheleto e no Hospital Bom Jesus era de 50%.

As medidas restritivas serão avaliadas conforme a evolução epidemiológica. Na próxima semana uma reunião ampliada deve avaliar a situação.

Perfil

Na quinta-feira (28), dois casos foram confirmados através do exame de RT-PCR e dois por teste rápido. O primeiro, uma pessoa, de 60 anos, contraiu a doença em município da região. Ele teve sintomas no dia 13 de maio (calafrios, tosse e dor de garganta). O segundo, com 92 anos, é o contato deste caso e iniciou os mesmos sintomas no dia 18 de maio.

Os casos diagnosticados através da RT-PCR são em um paciente do sexo masculino de 37 anos, a qual trabalha em Toledo e em município vizinho. Ele teve sintomas em 18 de maio (calafrios, coriza nasal, cefaléia e mialgia), com contato profissional ao novo coronavírus.

O segundo caso diagnosticado através da RT-PCR, é também do sexo masculino, tem 24 anos e iniciou sintomas em 21 de maio (tosse e dor de garganta). É contato domiciliar de caso confirmado.

Na tarde de sexta-feira, mais quatro casos foram confirmados, sendo dois diagnosticados por Teste Rápido e dois por RT-PCR. Os diagnosticados por Teste Rápido são um caso do sexo feminino, 57 anos, com início dos sintomas em 18 de maio (febre, tosse, mialgia e cefaléia), não tendo histórico de contato com caso confirmado. O segundo um homem, de 37 anos, que teve sintomas no dia 15 de maio (febre, dor de garganta, mialgia e perda do olfato). Atua em empresa que presta serviço para caminhoneiros.

Os outros dois casos foram diagnosticados através da RT-PCR, sendo um homem, de 59 anos. Os sintomas iniciaram no dia 21 de maio (febre, tosse, cefaléia, dispnéia, dor no peito), sendo contato domiciliar de caso confirmado.

O segundo caso é uma mulher, de 21 anos. Ela apresentou sintomas (tosse, dor de garganta, perda do olfato, dispnéia e dor no peito) em 25 de maior. É contato domiciliar de caso confirmado e encontra-se internada. Os três primeiros casos evoluem bem, estando em isolamento e monitoramento domiciliar.

Prevenção

Os dados reforçam a importância dos cuidados para prevenir a doença. São ações simples de higiene, como lavar frequentemente as mãos, uso de máscara obrigatório, manter ambientes ventilados e evitar aglomerações.