Whatsapp image 2021 02 08 at 19.08.55

SOLIDARIEDADE

Campanha Legal em 2020 supera em 9,38% arrecadação do ano anterior

Um total de R$ 742.135,65 foi destinado para iniciativa do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e apoiada por várias entidades


07/01/2021 - 14:42
Por Assessoria


Criada com o objetivo de estimular contribuintes de Toledo a destinarem parte de seu imposto de renda para entidades que atendem o público infanto-juvenil em situação de vulnerabilidade social instaladas no município, a Campanha Legal celebra os bons resultados obtidos em 2020. Superando em 9,38% a arrecadação de 2019 (R$ 678.496,66), a iniciativa conseguiu obter R$ 742.132,65 no ano passado.

Além da Prefeitura de Toledo, a Campanha Legal, organizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), recebe o apoio a Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), da Associação Profissional dos Contabilistas de Toledo, da Associação Toledana de Imprensa (ATI), do Conselho Regional de Contabilidade (CRC/PR), do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná (Sescap/PR), do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob/Oeste), da Uniprime - Pioneira do Paraná, da Câmara de Vereadores, da RICTV Record, do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi/Progresso) e do Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade (Sincoeste)

A presidente do CMDCA e coordenadora da iniciativa, Ivone Laguna, ficou surpresa com os resultados da campanha. “No fim de 2019, sem imaginar que teria uma pandemia no ano seguinte, queríamos chegar à marca de R$ 1 milhão. Mas num cenário de crise gerado pelo novo coronavírus, só podemos avaliar positivamente o valor arrecadado e expressar nossa gratidão tanto aos parceiros da Campanha Legal quanto aos contribuintes que aderiram a ela”, analisa. “Vemos por aí que ainda existem pessoas sensíveis, que pensam no próximo e tratam com carinho as crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade”, agradece.

Como participar
Pessoas físicas que fazem a declaração completa do Imposto de Renda e pessoas jurídicas que o fazem baseados no “lucro real” podem destinar parte do valor devido à Campanha Legal. A forma mais simples de fazer isso é avisar o contador responsável por realizar este procedimento que tem esse desejo. “A declaração do imposto de renda encerra-se sempre no último dia útil de abril do ano seguinte, mas a pessoa física procura o profissional de contabilidade de sua confiança até o último dia útil de dezembro, consegue passar um percentual maior: 6%; depois disso, o repasse fica em 3%. No caso das pessoas jurídicas, este índice permanece em 1% durante todo o período de declaração”, explica Ivone.

Os recursos arrecadados são destinados a projetos voltados à política de promoção, proteção, garantia e defesa dos direitos da criança e do adolescente e que cumpram as determinações previstas na Lei Federal nº 13.019/2014, a qual estabelece normas gerais para as parcerias entre a administração pública e organizações da sociedade civil, em regime de mútua cooperação. Em 2020, seis entidades que integram a Rede Municipal de Proteção e Atendimento à Criança e ao Adolescente receberam recursos por meio da Campanha Legal: Centro Social e Educacional Aldeia Infantil Betesda, Centro Assistencial da Diocese de Toledo/Casa de Maria, Ação Social São Vicente de Paulo, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Toledo (Apae), Centro Beneficente de Educação Infantil “Ledi Maas Lions” e Associação Beneficente de Saúde do Oeste do Paraná (Hoesp) - ao todo, elas atendem 1.142 crianças e adolescentes.
Casa de not%c3%adcias 1144x250px