Casa de noti%cc%81cias banner 794x80px

PANDEMIA

Professores começam a ser vacinados já nesta remessa de imunizantes

 Neste lote serão vacinados professores do Ensino Fundamental e Médio, públicos e privados, de 55 a 59 anos

04/05/2021 - 14:44
Por Redação


Os municípios poderão dar início a vacinação dos professores juntamente com o público de comorbidades, assim que concluir o público de 60 anos. A expectativa é iniciar a imunização ainda esta semana.

O anúncio foi feito pelo o Governador do Estado, Carlos Massa Ratinho Junior em Coletiva à imprensa, na manhã desta terça-feira (4). Junto com o anúncio da imunização de professores o retorno às aulas para o dia 10 de maior de 200 Escolas Estaduais, o que representa 10% dos estabelecimentos de Ensino.

Nesta primeira remessa foram destinadas 32 mil doses de vacinas aos professores da rede Estadual, Municipal e Privada do Ensino Fundamental e Médio. O Governo Federal estima que o Paraná conta com 169 mil trabalhadores em Educação. O Estado diverge, segundo o Secretário de Saúde, Beto Preto este número de abranger apenas o Ensino Público municipal e estadual, sem contar a Rede Privada e Ensino Superior. O Secretário garantiu que o Estado já está em diálogo para resolver este impasse.

O mesmo impasse se encontra no público estimado pela União entre os profissionais de Saúde, que segundo Beto Pretto, há um déficit de 78 mil doses para profissionais de saúde.

Volta às aulas


O Secretário de Educação, Renato Feder disse que às aulas serão retomadas no Sistema Hibrido e gradativo. Neste primeiro momento, apenas 10% das Escolas devem retornar. 

O critério será dar prioridade ao presencial a alunos que tenham dificuldade de acesso a tecnologia, quem dispor da tecnologia terá acesso on line, pois segundo o Secretário o Estado paga a transmissão de dados.

O Estado também promete uma mudança na Resolução 632 que trata do distanciamento social, que deve ser orientado por metros quadrados de cada sala de aula.

A retomada da Educação implica no comprometimento da Comunidade Escolar com os protocolos de Biossegurança. O distanciamento de 1,5m, o uso de álcool gel, aferição da temperatura e rodízio no Sistema Híbrido. 

O Governador Ratinho Júnior alertou a comunidade educativa que o Estado está seguindo experiências em outros países que o ambiente escolar não é um ambiente preponderante na transmissão do vírus. “Os dados tem nos mostrado uma maior transmissibilidade dentro das famílias”.

Para o aluno retomar às aulas, os pais devem assinar um termo de responsabilidade com as medidas de biossegurança. Desta forma, a partir do momento que os pais assinam o termo precisam garantir que o deslocamento prioritário é o ambiente escolar, uma vez que, se não seguir as orientações das autoridades sanitárias de circulação, distanciamento, não aglomeração, uso de máscara e álcool gel, o ambiente escolar pode não ser agente principal de transmissão, mas receptor. 

Confira a quantidade de doses por Regional de Saúde disponibilizada para os trabalhadores da educação:


1ª RS – Paranaguá – 715 doses

2ª RS – Metropolitana – 10.275 doses

3ª RS – Ponta Grossa – 1.695 doses

4ª RS – Irati – 395 doses

5ª RS – Guarapuava – 1.375 doses

6ª RS – União da Vitória – 500 doses

7ª RS – Pato Branco – 810 doses

8ª RS – Francisco Beltrão – 1.090 doses

9ª RS – Foz do Iguaçu – 1.190 doses

10ª RS – Cascavel – 1.840 doses

11ª RS – Campo Mourão – 920 doses

12ª RS – Umuarama – 920 doses

13ª RS – Cianorte – 340 doses

14ª RS – Paranavaí – 855 doses

15ª RS – Maringá – 2.940 doses

16ª RS – Apucarana – 880 doses

17ª RS – Londrina – 2.835 doses

18ª RS – Cornélio Procópio – 610 doses

19ª RS – Jacarezinho – 820 doses

20ª RS – Toledo – 995 doses

21ª RS – Telêmaco Borba – 370 doses

22ª RS – Ivaiporã – 390 doses

TOTAL – 32.760 doses



Casa de not%c3%adcias