Banner 1144x150 px

EMPREENDEDORISMO

Startup residente no Biopark recebe investimento de R$ 1 milhão

Com o aporte, Manfing foca em ampliar sua solução e gerar novas oportunidades de emprego para a área de TI na Região Oeste  


09/09/2021 - 14:15
Por Assessoria


Nascida em Toledo e residente no Biopark, a startup Manfing acaba de receber um investimento de R$ 1 milhão da Meta Ventures, reconhecida consultoria e prestadora de serviços de transformação digital. Com o aporte, a startup pretende ampliar a equipe, aperfeiçoar a solução e tornar-se referência em Inteligência Artificial no país, além de iniciar sua operação no exterior.  

“A Meta Ventures é uma empresa de 30 anos, especializada em SAP no Brasil, Estados Unidos e Canadá. Por meio das conexões e sinergia trazidas com ela, iremos ampliar o nosso portfólio de clientes não só no Brasil, mas também vamos nos preparar para a internacionalização”, explica Leandro Volanick, CTO e cofundador da Manfing. 

Para atender a demanda, a Manfing pretende utilizar o investimento na ampliação da tecnologia e na contratação de mais profissionais para a equipe, que deve triplicar até o final do ano. “Grande parte do investimento vai ser para contratação de novos talentos e vamos priorizar pessoas da região Oeste do Paraná. Hoje temos uma equipe de 12 pessoas e queremos chegar a 40 até o final de 2021”, acrescenta Leandro.  

Esse é o segundo grande investimento recebido pela Manfing em menos de dois anos, o primeiro foi da Ventiur Aceleradora, em 2019, com aporte de R$ 150 mil. Para Leandro, isso mostra a força de um ecossistema regional que vem se fortalecendo e está em plena expansão. “É uma satisfação muito grande estar aqui no interior do Paraná e receber grandes investimentos como esses. O valor do aporte mostra que a nossa região tem muito potencial de crescimento em tecnologia, ainda mais inteligência artificial, que ainda é uma área pouco explorada por startups. Esperamos ver outras startups da região se espelhando nesse modelo, acreditando e desenvolvendo seus produtos porque há dinheiro no mercado, mas é preciso muito foco e dedicação para que esse investimento chegue até a empresa”, diz Volanick.  

A Manfing completará dois anos em novembro de 2021 e sua história começou dentro do Biopark, quando a startup ainda estava na fase de ideação. “O Biopark é uma peça fundamental na estruturação da nossa empresa.  A visibilidade, a estrutura que é fornecida, todo esse aprendizado que o Biopark fornece com as mentorias, a conexão com outras empresas e players da região e de outros países, foi fundamental pra nós. O nosso principal diferencial foi ter nascido dentro do Biopark e poder contar com todo esse suporte”, comenta Leandro. 

Para o Diretor de Negócios do Biopark, Paulo Victor Almeida, a conquista da Manfing é essencial para estimular outras empresas ou mesmo empreendedores da região que tenham interesse em trabalhar na área de tecnologia e com inovação. “A Região Oeste está em pleno crescimento no setor de tecnologia, e sem dúvidas, o Ecossistema criado pelo Biopark vai fomentar a estruturação de empresas capazes de gerar emprego e soluções de ponta para o Brasil e também exterior. Acompanhei de perto toda a história da Manfing e fico feliz em ver resultados como esses, o que pode servir de inspiração para nossas outras residentes e incubadas”, diz Paulo.  

Sobre a Manfing 

Utilizando Inteligência Artificial, a Manfing criou um algoritmo que analisa o histórico de consumo de clientes, identificando quem são eles, a sua probabilidade de retorno, os produtos que mais compram e o mix de produtos adicionais que podem ser oferecidos no melhor momento. Isso ajuda as empresas atendidas pela Manfing a ofertarem o produto que o cliente precisa no momento certo. Hoje a empresa já atende grandes clientes nacionais, principalmente da indústria e do varejo. 


Casa de not%c3%adcias