Casa de noticias 794x80px

EDUCAÇÃO

La Salle realiza a 1ª Mostra Cientifica e Tecnológica

O Colégio La Salle realizou entre os dias 19 e 21 deste mês, a Mostra Científica e Tecnológica - CITEC. O evento faz parte do Projeto Pedagógico lassalista de estimular a pesquisa cientifica, tecnológica e seus processos de inovação. 

21/10/2021 - 17:57
Por Assessoria


Estiveram envolvidos na 1ª edição do CITEC alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio, foram apresentados 22 trabalhados durante a Mostra. O professor de biologia do Colégio La Salle e um dos responsáveis pela mostra, Leonardo Oliveira explica o objetivo do CITEC. “Nosso objetivo é estimular a produção de conhecimento, onde os alunos puderam apresentar propostas e soluções que contribuíram para o desenvolvimento de novas ideias, construções criativas e pensando na inovação e no empreendedorismo. Além de desenvolverem as habilidades cientificas e tecnológicas”.

Os alunos do Ensino Fundamental II desenvolveram trabalhos nas áreas de matemática, geografia e ciências, enquanto os estudantes do Ensino Médio trabalharam nas áreas da ciência da natureza: química, física e biologia. “Foram inscritos 22 trabalhos, onde os alunos reunidos em grupos de cinco a seis estudantes. Dentro da proposta de trabalho eles estavam livres para definirem os temas. Eles puderam pesquisar e desenvolver experimentos práticos que demonstram relevância para a sociedade”, explica Oliveira.

O Colégio La Salle estimula o estudante a ser protagonista do seu conhecimento e está metodologia traz resultados. “O engajamento dos alunos é fantástico. Eles desenvolveram diversos trabalhos muito criativos, surpreendendo a todos os professores envolvidos”.

Os trabalhos são avaliados pelos professores envolvidos na Mostra e os classificados participarão de uma nova Mostra. “Os critérios para avaliação dos trabalhos foram o uso da metodologia científica, se houve criatividade e inovação no experimento, bem como a clareza e a objetividade na apresentação dos trabalhos. Avaliamos também, a profundidade das pesquisas, o potencial de empreendedorismo dos experimentos e, principalmente, a relevância social”, detalhou o professor de biologia Leonardo Oliveira.

 

01   casa de not%c3%adcias 01 %281%29