Banner 1144x150 px

CULTURA

Mostra Itinerante coloca a cidade no clima do 6º Toledo em Dança

O 6º Toledo em Dança começa só na sexta-feira (29), mas a cidade já vive o clima do evento, que prosseguirá até domingo (31) no Teatro Municipal
26/10/2021 - 16:04
Por Assessoria


Durante a semana, vários espaços públicos receberão a Mostra Itinerante na qual grupos farão espetáculos de curta duração a fim de convidar a população a prestigiar o festival, que contará com a participação de 472 bailarinos de 13 grupos ou escolas de Toledo e mais 21 vindos de 12 municípios do Oeste, Sudoeste, Noroeste e Centro-Sul do Paraná: Assis Chateaubriand, Cafelândia, Cascavel, Corbélia, Dois Vizinhos, Foz do Iguaçu, Guaíra, Itaipulândia, Laranjeiras do Sul, Nova Aurora, São Miguel do Iguaçu e Umuarama.

A primeira das apresentações programadas, ocorrida na manhã de segunda-feira (25) no hall de entrada do Paço Municipal Alcides Donin, foi com o grupo Baillare. O cronograma segue hoje, às 17h45, no Terminal Urbano, com os bailarinos do Núcleo Acadêmico de Dança (NAD). Amanhã, às 12h, será a vez do grupo de dança do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Estância da Liberdade animar o almoço dos frequentadores do Restaurante Popular da Vila Paulista. O Baillare volta a se apresentar na quinta-feira, às 14h30, no Centro de Revitalização da Terceira Idade (Certi) da Pioneira.

No dia seguinte, às 19h30, o 6º Toledo em Dança começa para valer, com as mostras avaliativa e competitiva de Jazz Dance, Dança de Salão e Dança do Ventre. Sábado (30), a partir das 18h, ocorrem as apresentações das categorias Ballet Clássico, Dança Contemporânea, Danças Urbanas e Danças Tradicionais/Étnicas. O encerramento do evento contará no domingo (31) com as batalhas de Hip Hop (Breaking e All Style) à tarde e a premiação de todas as categorias a partir das 19h30. A programação completa, com a ordem e o horário das apresentações pode ser vista aqui.

Nestes três dias também serão ministradas oficinas em cinco pontos da cidade: Gicelle Jan Centro de Dança, Ginásio Alcides Pan, CTG Estância da Liberdade, Baillare e Teatro Municipal de Toledo. O cronograma pode ser acessado neste link.

São gratuitos e abertos à população tanto as oficinas quanto os espetáculos no Teatro Municipal, onde todos os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19 serão seguidos - limite de 80% da lotação do auditório, disponibilização de álcool em gel, distanciamento entre poltronas e exigência do uso da máscara para ingressar no recinto. “Em 2020 o Toledo em Dança não pôde ser realizado em virtude da pandemia, mas para este ano, com a situação epidemiológica um puco melhor, nossa equipe uniu esforços para promover este evento e nós ficamos extremamente satisfeitos com a receptividade e o engajamento das escolas e grupos de toda a região, o que nos deixa muito ver felizes em perceber que nosso município volta a ser referência na região na realização de festivais”, avalia a secretária da Cultura, Rosselane Giordani. 

Rosselane destaca a importância da retomada do festival para os artistas da dança de Toledo e região. “Teremos as mostras competitivas, que darão um tempero todo especial ao evento, mas também as mostras avaliativas, nas quais os jurados darão um feedback sobre o trabalho desenvolvido por bailarinos e coreógrafos. As oficinas representam uma oportunidade de qualificação deste público e as batalhas de hip hop darão voz e vez a uma expressão artística cada vez mais relevante”, explica. “Foi elaborada uma programação bacana para o público em geral, que está convidado a prestigiar os talentos locais e regionais da dança. Reforço que a entrada no Teatro Municipal é gratuita e que valerá muito a pena acompanhar as atrações do Toledo em Dança, que é uma grande conquista da nossa secretaria, que está recolocando nosso município no mapa dos grandes festivais do Paraná”, salienta.
01   casa de not%c3%adcias 01 %281%29