Banner 1144x150 px

EDUCAÇÃO

Alunos viram empresários durante a Feira de Oportunidades da FAG Toledo

Evento contou com centenas de visitantes que conheceram as propostas de negócios dos acadêmicos
05/11/2021 - 15:06
Por Assessoria


A FAG Toledo realizou na noite desta quinta-feira (4) a 5ª Feira de Oportunidades, um evento organizado por acadêmicos do Núcleo Comum dos cursos de Tecnologia, onde foram apresentados projetos de negócios desenvolvidos durante a disciplina de Empreendedorismo. “É muito gratificante ver o movimento gerado com este evento, onde os alunos foram os protagonistas, criaram empresas, produtos, serviços, a partir do que aprenderam em sala de aula e o resultado ficou acima das expectativas”, afirma a professora Djeimi Leonhardt Neske, responsável pela disciplina e pela organização da feira.

Os acadêmicos criaram estandes ofertando produtos e vivenciaram na prática o contato de venda com o consumidor. “Fizemos uma empresa de oferta várias opções de bata frita, investimos em embalagem e decoração para deixar bonito e profissional e agora estamos vendo a aceitação. É realmente a experiência de ter uma empresa”, relata o acadêmico Marcos de Moraes. Além deste estande, outros grupos de acadêmicos criaram empresas ofertando sanduíches naturais, bolo de pote, picolés, geladinhos gourmet, espetinhos, pastel entre outros produtos do ramo de alimentação. “Nós pensamos em desenvolver algo que todo mundo gosta e desenvolvemos o cantinho do pastel, com preço bom para atrair os clientes e com consultoria de uma mãe de uma colega que já tinha experiência em fazer este produto. Foi uma experiência muito proveitosa e que surtiu efeito com as vendas, ou seja, nossa ideia funcionou”, afirma o acadêmico de Agronegócio Guilherme Giordani.

Um dos estandes que se diferenciou dos demais foi o de bolsas e carteiras femininas. O projeto das acadêmicas não é um protótipo e sim uma amostra de um empreendimento desenvolvido no ano passado. “O nosso projeto é uma loja online que atua principalmente no Instagram e é um sucesso. Nós usamos o que aprendemos em aula para empreender e agora aproveitamos a feira para mostrar um pouco da loja para os visitantes”, explica a acadêmica de Ciências Contábeis Amanda Maiara.

A feira contou ainda com exposição de bikes, atrações culturais e estandes de empresas do Sistema S, como o Sebrae que apresentou os serviços disponíveis para quem pretende abrir um negócio. “É muito importante este movimento dos nossos alunos se envolvendo com a prática, aprendendo com os erros e acertos. Assim nós trabalhamos, para que os estudantes saiam da faculdade prontos para o mercado e para empreender”, afirma o coordenadora de Administração, Antônio Carlos Chidichima. As empresas criadas pelos alunos foram avaliadas por professores e coordenadores da instituição.

“A prática complementar a formação e nós focamos na questão empreendedora para que eles consigam aprender a organizar um evento, pensar um negócio em busca de resultados para a vida real”, afirma o coordenador de Ciências Contábeis, Agronegócio e Gestão Financeira, Gilmar José Camargo.  “É um evento tradicional onde o aluno pega a teoria e transforma no que estamos vendo aqui, vivência prática, com todo o processo até chegar no cliente, no consumidor”, comenta o coordenador de Recursos Humanos e Processos Gerenciais, Adroaldo Carniel.




01   casa de not%c3%adcias 01 %281%29