Banner 1144x150 px

GERAL

Dores nas costas: Ações do dia a dia que podem causar a lombalgia no corpo

A condição é a 2ª maior causa de busca por consultórios médicos pelos pacientes, segundo OMS
13/01/2022 - 10:03
Por TV Cultura


A lombalgia, popularmente conhecida como “dor nas costas” pode ter diferentes causas, das mais simples até as mais complexas. Sendo esta, a 2ª maior causa de busca por consultórios médicos pelos pacientes, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Apesar da maioria dos casos não apresentar uma causa específica e ter fácil resolução como melhorar a postura, é preciso ficar alerta aos sinais, pois podem ser sintomas de doenças reumáticas crônicas, tais como a artrite e a artrose.

Para a especialista da Cobra Reumatologia Dra. Luiza Fuoco, um dos maiores problemas em boa parte da população sofrer com desconfortos constantes é a automedicação continuada com analgésicos, anti-inflamatórios ou relaxantes musculares, bem como a negligência em buscar um diagnóstico correto.

Embora as dores possam variar de intensidade, quando elas afetam a rotina do indivíduo e limitam suas atividades diárias é preciso procurar ajuda médica. Se persistirem por mais de quatro semanas, é um sinal de atenção. Se houver perda de movimento e deformidades nas articulações é imprescindível que se procure um reumatologista, pois as dores podem começar nas costas, mas afetam outros órgãos.

Ações do dia a dia que podem colaborar ou prevenir no surgimento da lombalgia:

-  Automedicação nunca é indicado, nem em casos em que a dor seja de leve intensidade. A não ser que você tenha dormido de mau jeito, tenha sofrido uma pancada ou feito exercícios físicos, a dor não é normal e não deve ser tratada sem diagnóstico e indicação médica;

- Manter uma vida saudável com prática de atividades físicas, alongamentos, boa postura e evitar hábitos que possam sobrecarregar a coluna colabora na prevenção;

-  Com o surgimento de dores é imprescindível realizar repouso em uma posição confortável, com compressas na região, além de integrar medicina complementar como sessões de massoterapia, acupuntura e relaxamento;

- O emocional afeta diretamente a saúde do corpo humano, por isso, quando a pessoa está com muito trabalho ou até mesmo deprimida, a tensão muscular também aparece;

- Busque se informar por fontes confiáveis ao pesquisar por conteúdos sobre saúde, se atente à veracidade das informações.