01   casa de not%c3%adcias 02 %281%29

SAÚDE

Toledo inicia vacinação de crianças de 5 a 11 anos

A primeira dose foi aplicada em Nayara Gonçalves Netto, de 11 anos
18/01/2022 - 19:05
Por Assessoria


A Unidade Básica de Saúde do Jardim Europa foi escolhida para dar início a vacinação das crianças de 5 a 11 anos em Toledo. A primeira dose foi aplicada em Nayara Gonçalves Netto, de 11 anos. Nayara integra o grupo indicado como prioritário pelo Ministério da Saúde - comorbidades e deficiência permanente - por ter tetraplegia e paralisia cerebral. Para os pais, Sebastião e Julvana Gonçalves Netto, e a irmã gêmea, Vitória Gonçalves Netto, o momento foi emocionante. 

"Estávamos ansiosos para este momento”, relata o pai de Nayara. Professor do ensino fundamental na Secretaria Municipal de Educação (Smed), ele reforçou a importância da vacina no sentido de evitar a propagação do vírus e principalmente em salvar vidas. “As pessoas precisam acreditar na ciência. Muitos pesquisadores se debruçaram e estudaram para encontrar algo que auxiliasse no combate a este vírus”. Sebastião ainda fez um apelo aos pais e responsáveis que têm algum receio em vacinar seus filhos. “É preciso temer a doença, não a cura”. 

A mãe da Nayara, Julvana, que é professora de educação infantil na Smed, afirmou que a vacina chega num momento bastante relevante. “Nossos alunos poderão retornar às salas de aula com segurança e isso nos deixa também mais seguros, pois sabemos que apesar das crianças não desenvolverem, na maioria dos casos, a forma mais grave da doença, elas são potenciais transmissoras do vírus”. Julvana ainda lembra que durante a pandemia, a família evitou sair por medo que Nayara contraísse a doença. “Tínhamos muito medo, pois sabemos que para ela o contágio pode representar um risco maior”, comentou, destacando a sensação de alívio ao ver a filha ser vacinada.

Desde a aplicação da primeira dose de vacina contra a Covid-19 no município, em janeiro de 2021, o prefeito Beto Lunitti incentiva todos a receberem o imunizante. “É mais uma conquista. A ciência tem vencido o enfrentamento da Covid-19 por meio dos estudos. Nós temos um quadro vacinal importante, avançamos por conta do estudo observacional da Pfizer e agora começamos a vacinar nossas crianças”. 

Lunitti ainda lembra que a orientação é que as famílias tragam seus filhos para a vacinação. “É claro que cada família tem a prerrogativa e a liberdade de optar ou não pela vacina. Nós temos, enquanto município, muita clareza que os índices de proteção para vacinados são altos com a vacina. Agora estamos vivendo um momento de contaminação muito intenso, porém continuamos com poucos internamentos, casos graves e sem óbitos por quase 60 dias”, concluiu. 

A administração da primeira dose em Toledo foi acompanhada também pelo diretor-geral da Secretaria de Saúde, Fernando Pedrotti, e pelo chefe da 20ª Regional de Saúde, Alberi Locatelli.

Vacinação em Toledo
Em Toledo terá para esta primeira etapa 750 doses de vacinas pediátricas contra a Covid-19. Os imunizantes serão dispensados para crianças de 5 a 11 anos, seguindo o cronograma adotado pelo Ministério da Saúde. A aplicação vai acontecer em unidades básicas de saúde, em pontos e horários estratégicos (confira no fim da matéria) respeitando as orientações da Nota Técnica Nº 02/2022 da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19

No município estima-se 13.268 pessoas desta faixa etária a serem imunizadas. O trabalho começou com as crianças com deficiência permanente e/ou comorbidades. Para tanto, é preciso a declaração preenchida por um profissional de saúde. “É um modelo editável, disponibilizado aos profissionais, o qual deverá ser preenchido com os dados pessoais, realizada a indicação da comorbidade, datada, assinada e carimbada pelo médico”, explica Fernando Pedrotti.

Após este público, será a vez das crianças (05 a 11 anos) moradores dos abrigos institucionais. “Em Toledo não temos crianças indígenas e quilombolas que também tem prioridade”, informa Pedrotti. “Após esses públicos, iniciaremos por faixa etária a partir dos 11 anos e avançaremos de forma decrescente para outras idades”, completa. Os pais ou responsáveis devem estar presentes e concordar com a vacinação e em caso de ausência deles a aplicação só será autorizada por um termo de assentimento por escrito.

 Pontos de vacinação e horários
Centro de Saúde - 13h às 18h30
UBS Coopagro - 13h30 às 17h30
UBS Panorama - 8h às 12h e 13h30 às 17h
UBS Europa - 13h às 16h
.
Documentos necessários
Para os pais e/ou responsáveis será necessária a apresentação de documento com foto, CPF, comprovante de endereço no nome do responsável legal. Já as crianças devem portar documento com foto, carteira de vacinação, CPF, cartão e SUS. As crianças com deficiência permanente e/ou comorbidades devem levar também a declaração médica disponível no site da Prefeitura de Toledo.


Unioeste 1144x250px