1444x150

ECONOMIA

Toledo encerrou 2021 com mais de 20 mil documentos negativados no SPC Brasil

O número de inadimplentes de Toledo cresceu 9,89% em dezembro de 2021, em comparação a dezembro de 2020.
31/01/2022 - 15:23
Por Assessoria


A cidade de Toledo encerrou o ano de 2021 com aumento no número de pessoas endividadas, segundo dados do Serviço de Proteção ao Crédito - SPC Brasil.
Considerando os últimos meses como uma retomada da economia, ainda por conta da pandemia, o número de inadimplentes de Toledo cresceu 9,89% em dezembro de 2021, em comparação a dezembro de 2020.

O dado em Toledo ficou acima da média da região Sul (6,96%) e acima da média nacional (5,15%). Na passagem de novembro para dezembro, o número de devedores de Toledo cresceu 1,96%. Na região Sul, na mesma base de comparação, a variação foi de ‐0,24%.

O número de registros no SPC da ACIT até dezembro de 2021 é de 49.501 dívidas de pessoas físicas, somando o montante de R$ 17.022.454,62
Já para pessoas jurídicas o número de dividas inclusas no sistema é de 4.698, totalizando R$ R$ 4.370.938,08.

Quanto aos documentos negativados até dezembro de 2021 no banco de dados do SPC Brasil em Toledo, o número de CPFs é de 18.805 e CNPJs 1.663, totalizando 20.468 documentos. O valor acumulado destas dívidas é de R$ R$ 21.393.392,70.

Segundo o SPC Brasil, a abertura por faixa etária do devedor mostra que o número de devedores com participação mais expressiva em Toledo em dezembro foi o da faixa de 30 a 39 anos (27,27%). A participação dos devedores por sexo segue bem distribuída, sendo 51,54% homens e 48,46% mulheres.

Em dezembro de 2021, cada consumidor negativado da cidade devia, em média, R$ 3.732,25 na soma de todas as dívidas. Os dados ainda mostram que 29,90% dos consumidores toledanos tinham dívidas de valor de até R$ 500, percentual que chega a 45,90% quando se fala de dívidas de até R$ 1.000. O tempo médio de atraso dos devedores negativados de Toledo é igual a 26,5 meses, sendo que 30,19% dos devedores possuem tempo de inadimplência de 1 a 3 anos.

Em dezembro de 2021, o número de dívidas em atraso de moradores de Toledo cresceu 8,78%, em relação a dezembro de 2020. O dado ficou abaixo da média da região Sul (8,86%) e acima da média nacional (6,97%). Na passagem de novembro para dezembro, o número de dívidas de Toledo cresceu 1,23%. Na região Sul, nessa mesma base de comparação, a variação foi de ‐0,72%.

Neste período consumidor inadimplente em Toledo tinha em média 2,182 dívidas em atraso. O número ficou acima da média da região Sul (2,009 dívidas por pessoa inadimplente) e acima da média nacional registrada no mês (1,820 dívidas para cada pessoa inadimplente)

O setor com participação mais expressiva do número de dívidas em dezembro na cidade de Toledo foram os bancos, com 39,51% do total de dívidas, seguido por comércio (29,26%), comunicação (10,48%), água e luz (8,96%) e outros (11,79%).

Consultas ao SPC em Toledo:

Para os consumidores de Toledo que desejam realizar uma consulta ao documento a fim de saber se há ou não dividas ativas em seu nome, o SPC da ACIT atende presencialmente de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h15 às 18h.

O consumidor deve trazer à ACIT os documentos oficiais e originais RG, CPF/ CNH. As consultas contemplam duas categorias: Passe Livre e Consulta de Balcão.
Passe Livre R$ 25,00: A consulta apresenta informações do SPC Brasil, Serasa, cheques e cartório de protesto a nível nacional. Se houver alguma restrição, o cliente fica ciente do nome da empresa, datas de vencimento e inclusão e o valor original da dívida. Em caso de cartório de protesto, é apresentado o cartório de origem.

Consulta de Balcão R$ 10,00: A consulta apresenta informações do SPC Brasil e Serasa a nível nacional. Se houver alguma restrição, o cliente saberá o nome da empresa em que está inadimplente, mas sem detalhes da dívida.

Mais informações pelos telefones 45 3055-4644 ou 45 98404-5212.