1444x150

SAÚDE

Centro de Parto da HOESP\Hospital Bom Jesus, inaugurado hoje, tem capacidade para 200 partos naturais por mês

A estrutura conta com cinco quartos individuais, equipados com mobiliário que garantem conforto à gestante no momento do parto
04/03/2022 - 16:39
Por Assessoria


A Hoesp\Hospital Bom Jesus inaugurou nessa sexta-feira (04), o Centro de Parto Natural, o segundo centro especializado focado na humanização durante o parto natural do Paraná. A estrutura conta com cinco quartos individuais, equipados com mobiliário que garantem conforto à gestante no momento do parto. “Essa nova unidade vai garantir um maior conforto, ofertando quartos amplos, com todo mobiliário e equipamentos para exercícios, área para caminhar durante o trabalho de parto, sala de exames e recepção exclusiva, tudo para ofertar um atendimento ainda melhor”, diz a superintendente da HOESP, Zulnei Bordin.

A reforma do espaço iniciou em 2019, quando o hospital recebeu investimentos através de recursos federais. Mas foi ainda em 2015 que as doulas começaram a idealizar o projeto. “Sabemos que muitas mulheres sentem dificuldade no momento do parto, principalmente em razão da humanização, então começamos a caminhada pelo recurso e espaço, e isso nos encanta e nos emociona. Proporcionar um parto seguro faz toda a diferença, e preciso lembrar que para mudar o mundo é necessário mudar a forma de nascer”, diz a doula e mentora do Projeto do Centro de Parto Natural, Andressa Muller Schiavinato.

A estrutura foi finalizada em 2020, com data marcada para inauguração, mas a pandemia da Covid-19 mudou os planos, e o espaço precisou ser utilizado de forma emergencial para atendimento de pacientes vítimas da pandemia. Com a diminuição do número de casos, a HOESP pode fechar os leitos de Unidade de Terapia Intensiva para tratamento da Covid-19 e mantém atendimento apenas de leitos de enfermaria para tratamento da doença. Sendo assim, a Unidade Obstétrica poderá ser transferida e assim, inaugurado o novo espaço focado na humanização do atendimento de partos naturais.  “Precisamos lembrar a importância dessa unidade que também serviu de assistência durante a pandemia, e agora, com a possibilidade de inauguração do Centro de Parto, a unidade vai oferecer ainda mais conforto e qualidade de assistência à gestante. Nos sentimos gratos em proporcionar um atendimento ainda mais humanizado”, ressalta o presidente da HOESP, Claudio Tomuo Hayashi.

Além da estrutura completa, o espaço também conta com uma equipe especializada para atender 24 horas por dia as gestantes. “Temos uma equipe altamente preparada para auxiliar e acompanhar a gestante e acompanhante em um momento mais sublime, que é o nascimento de um filho”, afirma Zulnei.


INVESTIMENTO

Para a reforma o investimento foi de R$ 250 mil, através de emenda parlamentar do então deputado federal, Jose Carlos Shiavinato, falecido vítima da Covid-19 em 2021. Além da emenda de R$150 mil para compra de equipamentos, do ex-deputado federal Dilceu Sperafico. Além destes recursos, o Centro de Parto também recebeu R$ 135 mil de investimento do Projeto Global Internacional do Rotary Club Toledo Integração para compra de mobiliário. “Esse hospital presta uma assistência importante para Toledo e toda região, e pequenos gestos e obras como essas fazem a diferença na vida de muitas pessoas. Agradecemos à instituição que proporcionou esse espaço e a todos que se uniram nesse projeto”, diz o ex-deputado federal, Dilceu Sperafico. “É uma pequena semente, mas que acreditamos que será de grande valia para toda população que precisa de atendimento. O Rotary de braços abertos para servir à população no que for necessário”, comenta o presidente do Rotary Club Toledo Integração, Jairo Zeni.

REFERÊNCIA

A HOESP é referência para 18 municípios da 20ª Regional de Saúde, realizando atendimento para gestantes de risco habitual, intermediário e também alto risco. Hoje, a média de atendimento na Unidade Obstétrica é de cerca de 250 a 300 partos mensais, sendo cerca de 150 partos naturais. Com o novo centro, a capacidade de atendimento é de até 200 partos naturais todos os meses. “Sem esse hospital as gestantes da nossa região não teriam o atendimento de qualidade que tem hoje. O Centro de Parto é uma novidade incrível e com toda certeza será uma vitrine para as instituições de outros municípios”, enfatiza a representante da 20ª Regional de Saúde, Andriele Roberta Gerardi.

O vice-prefeito de Toledo, Ademar Dorfschmidt, também enalteceu a importância do hospital para a região, e agradeceu todos os envolvidos no projeto. “Esse hospital é referência para todo o Oeste do Paraná, e investir na humanização, principalmente em um momento tão importante como o nascimento de um filho, é essencial. Temos uma gratidão imensa por todo o trabalho feito dentro desse hospital”, ressalta.

O presidente da Câmara de Vereadores, vereador Leoclides Bisognin, também presente na inauguração, agradeceu o trabalho realizado no hospital. “O agradecimento é penas inúmeras vidas salvas aqui dentro, e isso não tem preço. Esse centro é de extrema importância para o atendimento das gestantes e nós vereadores, nos colocamos à disposição para auxiliar à instituição no que for preciso”, diz.

COMEMORAÇÃO
Durante a inauguração, a equipe da HOESP também esteve presente comemorando o novo espaço. E foram as grávidas da instituição que se animaram ainda mais. Bruna Gabrielli Slongo é enfermeira no hospital há mais de dez anos, e grávida de 9 meses, comemorou com a equipe com um desenho na barriga. “Vou ter meu filho aqui no hospital, e estou ansiosa e animada com esse novo espaço”, diz.