1444x150

SAÚDE

Toledo inicia vacinação contra a Influenza e Sarampo e anuncia mutirão para sábado

A previsão é que no município sejam vacinadas, contra a Influenza, aproximadamente 24 mil pessoas destes dois primeiros grupos


05/04/2022 - 07:55
Por Prefeitura de Toledo


A Secretaria de Saúde de Toledo iniciou nesta segunda-feira (4) a vacinação contra a Influenza e Sarampo (apenas para trabalhadores da saúde). Pela primeira vez, as duas campanhas nacionais são realizadas simultaneamente e a dispensação acontece conforme o horário de funcionamento de cada Unidade Básica de Saúde (UBS) da Rede de Atenção Primária. A previsão é que no município sejam vacinadas, contra a Influenza, aproximadamente 24 mil pessoas destes dois primeiros grupos.

Para ampliar a cobertura, no próximo sábado (09), os Departamentos de Atenção Primária e Vigilância em Saúde realizam um mutirão para atualização de vacinas. “Todas as unidades da cidade e as de Vila Nova, Concórdia do Oeste e Novo Sarandi, no interior, estarão com atendimento. A intenção é ampliar a cobertura vacinal do público desta primeira etapa contra a Influenza e Sarampo, lembrando que esta é apenas para quem atua na saúde, porém vamos disponibilizar todos os imunizantes. Caso o munícipe tenha alguma vacina em atraso, deve ir até uma unidade para atualizar sua carteira de vacinação”, comentou a diretora de Vigilância em Saúde, Juliana Beux Konno.

A previsão é de que a campanha ocorra em duas etapas. A primeira se estenderá entre o início das aplicações até o dia 2 de maio, com direcionamento para idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde. Já a segunda fase acontece entre os dias 3 de maio e 3 de junho, abrangendo crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas, povos indígenas, professores, comorbidades, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento e forças armadas, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Segunda dose de reforço contra o coronavírus - A Secretaria de Saúde também informou a alteração da faixa etária para a segunda dose de reforço contra a Covid-19. A partir desta terça-feira (04), conforme o horário de atendimento de cada UBS, as pessoas a partir dos 60 anos já podem receber este imunizante.

Restrições à vacina - A aplicação simultânea das doses pode ser realizada, desde que não possua sintomas gripais ou não tenha contraído Covid-19 nos últimos 30 dias. Neste caso, é necessário aguardar o fim dos sintomas, de maneira que o organismo se recupere completamente para a administração das vacinas. A aplicação segue as orientações previstas no Plano Nacional de Imunizações.