Casa

EDUCAÇÃO

PETs de Serviço Social e de Química realizam oficina sobre impacto ambiental do consumo

Na oficina foi trabalhada a definição de meio ambiente e o quanto o consumo humano interfere na degradação dos recursos naturais disponíveis
09/05/2022 - 07:45
Por Assessoria


Os Programas de Educação Tutorial (PET) Serviço Social, Meio Ambiente e Uso Sustentável dos Recursos Naturais e PET Química, do campus de Toledo da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), realizaram a oficina 'Meio Ambiente: Pegada Ecológica e Pegada do Carbono – Qual a sua Pegada?'. O evento compõe o XXI Seminário de Extensão da Unioeste (SEU).

Na oficina foi trabalhada a definição de meio ambiente e o quanto o consumo humano interfere na degradação dos recursos naturais disponíveis. Para os participantes saberem como o seu nível de consumo afeta o meio ambiente, foi oferecido um teste de pegada de carbono, que faz o cálculo de quantos planetas seriam necessários para manter o padrão de consumo da pessoa.

De acordo com a coordenadora do PET de Serviço Social, Cristiane Carla Konno, a oficina proporciona um autoconhecimento sobre a relação do indivíduo com o meio ambiente. “A pegada ecológica vai dar esse cálculo, de quanto os nossos hábitos de consumo interferem na regeneração e disponibilização  dos recursos naturais. A média mundial é de 1,5 planeta para manter o padrão”, explica Konno.

Aluno do quarto ano de Química e participante do PET Química, Paulo Menegotto dos Santos afirma que a oficina foi satisfatória e que a mensagem foi repassada aos participantes. “No momento do cálculo, as pessoas percebem que o que parece inofensivo é pior do que elas pensam que é, e a oficina vai nesse sentido, de mostrar às pessoas o impacto do consumo”, conclui dos Santos.   

O SEU teve início no dia 04 de maio, de forma semipresencial e sediado no campus de Francisco Beltrão. As oficinas são ministradas de maneira presencial nos cinco campi da Unioeste.