01   casa de not%c3%adcias 02 %282%29

SAÚDE

Pessoas com mais de 40 anos já podem tomar sua segunda dose de reforço contra Covid

O imunizante está disponível em todas as unidades básicas de saúde do município durante o horário de atendimento de cada local
21/06/2022 - 10:35
Por Prefeitura de Toledo


Seguindo a orientação da Secretaria Estadual de Saúde (SESA), Toledo inicia, a partir desta semana, a aplicação da segunda dose de reforço contra a Covid-19 para pessoas com mais de quarenta anos. A Secretaria de Saúde do município foi informada, na tarde de segunda-feira (20), sobre a nova fase da vacinação para combater o coronavírus (Sars-Cov-2). O imunizante está disponível em todas as unidades básicas de saúde (UBS) do município durante o horário de atendimento de cada local.

De acordo com informações do Departamento de Vigilância em Saúde, pouco mais de 11 mil toledanos com idade variando entre 40 e 49 anos fizeram o primeiro reforço. “Destes, aproximadamente 8,5 mil já têm o intervalo de quatro meses, orientado pelo Ministério da Saúde entre uma dose e outra, e já podem procurar o imunizante na unidade mais próxima da sua casa”, explicou a diretora de Vigilância em Saúde, Juliana Beux Konno.

Orientações - A segunda dose de reforço era indicada somente para pessoas acima de 60 anos há alguns meses. No último dia 4 de junho, o Paraná iniciou a aplicação para o público com 50 anos ou mais. A mudança anunciada pelo Ministério da Saúde para pessoas com mais de 40 anos atende a um pedido feito pelo Estado no mês passado, solicitando a ampliação desta nova etapa de vacinação para outras faixas etárias.

A Nota Técnica/MS orienta que a nova dose deve ser aplicada com vacinas da plataforma de mRNA (Comirnaty/Pfizer) ou vetor viral (Janssen ou AstraZeneca). Mulheres grávidas ou puérperas devem receber preferencialmente o imunizante da Pfizer, e, caso não haja disponibilidade, poderá ser utilizada a vacina CoronaVac. As orientações também são válidas para pessoas imunocomprometidas.

Para receber este reforço vacinal, é necessário que a dose anterior tenha sido aplicada há mais de quatro meses. Também é importante comparecer à unidade de saúde mais próxima de casa portando documento de identidade com foto, CPF, Cartão SUS, carteira de vacinação e comprovante de residência.
Sem nome %28550 x 250 px%29
Sem nome %28550%c2%a0%c3%97%c2%a0250%c2%a0px%29 %281%29