1444x150

IFPR, Biopark Educação e Prefeitura de Toledo assinam protocolo de intenções

O documento é voltado para a oferta de cursos de formação inicial e continuada e um Mestrado profissional em Educação para professores da rede municipal
24/06/2022 - 14:23
Por Assessoria


O Instituto Federal do Paraná, o Biopark Educação e a Prefeitura de Toledo assinaram na quinta-feira, 23, um Acordo de Cooperação para a criação de um programa de formação docente que vai contemplar cursos de formação inicial e continuada e um mestrado profissional em educação. Participaram da assinatura o fundador do Biopark, Luiz Donaduzzi, o reitor do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Odacir Zanatta, o prefeito de Toledo, Luis Adalberto Betto Lunitti Pagnussatt, o diretor do Biopark Educação, Paulo Rocha, o coordenador do Centro de Referência IFPR - Biopark, Renato Guerreiro, a secretária de educação de Toledo, Marli Gonçalves Costa, o diretor geral do IFPR - Campus de Assis Chateaubriand, Vicente Sandeski e o pró-reitor de planejamento do IFPR, Paulo Yamamoto.  

Segundo o reitor do IFPR, Odacir Zanatta, a proposta está dentro da lei de criação que é a capacitação docente, tanto em nível municipal quanto estadual. “Temos que dar capacitação para o profissional da educação trabalhar e as metodologias ativas são libertadoras. Com isso, a gente vai garantir a permanência dos nossos estudantes na escola, porque tornamos a educação mais dinâmica e consequentemente, isso vai afetar o êxito dele como profissional”, enfatiza.  

De acordo com o coordenador do Centro de Referência IFPR - Biopark, Renato Guerreiro, essa é uma iniciativa pioneira no Brasil, na qual uma Instituição Federal de Educação, um Parque Tecnológico Científico e uma Prefeitura Municipal, unem forças para o desenvolvimento de uma proposta inovadora na área da educação. “Toda mudança significativa na educação tem que começar com a base. Os professores municipais atuam justamente nas séries iniciais, a fase mais importante da formação das crianças. Então, trazer inovação para essas fases iniciais é o maior compromisso que temos com as futuras gerações e esse é o maior compromisso que o IFPR tem como missão institucional”, ressalta.  

Com a proposta, o IFPR vai ofertar os cursos juntamente com o Biopark, que compartilhará o corpo docente e a infraestrutura. A Prefeitura de Toledo possibilitará que os docentes do município façam essa formação que vai dar condições para que o professor tenha tempo de estudo e que possa aplicar a inovação na sala de aula. Para o prefeito de Toledo, Luis Adalberto Betto Lunitti Pagnussatt, esse é o momento de criar um ambiente de produção de pessoas encantadas e entusiasmadas pelo saber. “Penso que isso que estamos assinando aqui, esse protocolo, é um passo gigantesco para aquilo que é o nosso sonho de criar esse corredor de inovação e de tecnologia e de ser motivador de um ambiente diferente. Assim o Brasil começa a mudar por aqui”, conclui.  

O fundador do Biopark, Luiz Donaduzzi ressaltou que após a assinatura do protocolo de intenções, as instituições devem trabalhar em conjunto para construir esse programa, que deve entrar em funcionamento em 2023. “A metodologia ativa é o futuro e agora temos um trabalho gigantesco pela frente. O Biopark tem recurso para dar todo o suporte e nós vamos oferecer a infraestrutura necessária para termos resultados positivos”, finaliza. 



Sem nome %28550%c2%a0%c3%97%c2%a0250%c2%a0px%29 %281%29
Casa de noticias 550x250