1444x150

DESENVOLVIMENTO

Governança se mobiliza para fortalecer ecossistema de alimentos em Toledo

Atuação colaborativa visa conectar o setor alimentício de Toledo com as principais tendências mundiais

27/06/2022 - 15:50
Por Assessoria


Com o objetivo de fomentar a transformação e a inovação do setor de alimentos de Toledo, empreendedores e entidades estão formalizando o plano de ação da Vertical de Alimentos, governança que teve o lançamento durante o Inova Meat, em abril deste ano. 

Segundo o consultor do Sebrae Paraná, Emerson Durso, o grupo conta com mais de quinze representantes de instituições de ensino, cooperativas, empresas, startups, Poder Público e, essa união é essencial para promover ações conjuntas que possam melhorar todo o ecossistema. 

“Em abril, fizemos uma apresentação do projeto e logo percebemos o interesse dos atores locais. Nos reunimos, portanto, em workshops e construímos um plano que mede a maturidade atual do ecossistema e tenta prever onde podemos chegar em cinco anos e o que precisamos para que isso seja possível”, conta Emerson. 

Dentre os pontos levantados, estão questões como criação de políticas públicas de inovação; programas e leis de apoio à inovação e benefícios fiscais; ampliação da representatividade da governança e realização de eventos de inovação aberta que possam envolver a cadeia produtiva de alimentos, conectando demandas locais com possíveis soluções.

“Para que tudo isso aconteça, planejamos formalizar a governança nos próximos meses e, depois, buscar a realização de eventos e parcerias que conectem o setor produtivo de alimentos de Toledo com as inovações e tendências mundiais. Esse movimento é importante, pois poderá gerar mais negócios inovadores na área, ajudando os que já estão consolidados a prosperarem e atraindo novos investimentos para a cidade também”, pontua o consultor. 

Para o secretário do Agronegócio, da Inovação, do Turismo e do Desenvolvimento Econômico de Toledo, Diego Bonaldo, a iniciativa é importante, pois além de fortalecer os atores locais, faz com que o município se consolide em um novo patamar. 

“A vertical poderá demonstrar o potencial econômico de inovação que Toledo tem na área de alimentos. Agora, poderemos entender quais são as vertentes que precisam ser mais trabalhadas localmente, e, enquanto prefeitura, poderemos atuar nesse ecossistema de forma mais assertiva”, destaca Bonaldo. 

Jeferson Klein, diretor de pesquisa e desenvolvimento da BioGenesis, garante que as expectativas são positivas. Segundo ele, o trabalho em conjunto poderá contribuir ainda mais para o desenvolvimento econômico municipal. 

“Acreditamos na formação de um grupo multidisciplinar que possa contribuir, unindo os elos da cadeia empreendedora, proporcionando maior crescimento ao mercado, dando oportunidade aos novos empreendedores e promovendo empregabilidade para a região, melhorando, assim, a vida da comunidade de Toledo e região”, pontua. 

O grupo se reúne a cada 20 dias. Para os próximos meses, de acordo com o cronograma, eventos relacionados a inovação e alimentos serão programados.
Sem nome %28550 x 250 px%29
Sem nome %28550%c2%a0%c3%97%c2%a0250%c2%a0px%29 %281%29