01   casa de not%c3%adcias 02 %282%29

EDUCAÇÃO

Projeto Lassalista Grafitando retrata centenário da Semana de Arte Moderna

O movimento buscava uma identidade brasileira para a arte

29/06/2022 - 21:01
Por Assessoria


A Semana da Arte Moderna aconteceu em 1922, na cidade de São Paulo e, buscou uma identidade nacionalista, que representasse a nossa brasilidade. O Movimento defendeu uma produção artística livre, que rompesse com a estética das academias de Belas Artes e dos movimentos, que privilegiavam a busca pela perfeição, demonstravam pouca preocupação com os sentimentos humanos e os contextos sociais. Neste ano, a Semana da Arte Moderna completa cem anos e, para refletir sobre este movimento e dar voz a outras representações artísticas, o Movimento foi tema da segunda edição do Projeto Lassalista Grafitando. 

O Projeto Grafitando teve início em 2021, quando os estudantes realizaram releituras sobre as mulheres nas artes. Neste ano, o Projeto refletiu sobre os cem anos da Semana da Arte Moderna. “Nossos alunos estudaram o Movimento e foram estimulados a se inspirarem relendo as obras. Com seus desenhos, participaram de um concurso e os classificados grafitaram o muro do Colégio La Salle”, explica a professora de artes, Juliana Natalí Rosa.

O objetivo foi fazer com que os alunos se inspirassem nas técnicas dos artistas da época ou na literatura e transpusessem seus desenhos para outro movimento artístico, o Grafite. E na tarde de sábado, este trabalho deu cores ao muro do Colégio La Salle, com o apoio das artistas do Coletivo Seiva Artística, de Cascavel. “Uma das principais ideias do Grafite é questionar os valores de identidade e, também, os padrões de beleza estética, para além dos padrões acadêmicos que ainda se fazem presentes na nossa arte, e essas questões foram abordadas durante a Semana de Arte Moderna. Dessa forma, trazer o tema Modernismo Brasileiro para dentro do Grafite é uma forma de rever esses questionamentos, através de movimentos artísticos e momentos históricos diferentes, mas que ainda são pertinentes para expor novas ideias e refletir de maneira crítica a identidade brasileira e, sobretudo, como a arte tem se manifestado nos últimos anos, é muito relevante”.

Os desenhos classificados, nesta segunda edição, do Projeto Grafitando foram avaliados em duas categorias.

Categoria A
Ryan Genovez 6º C
Gabriela Brandalize 6º C
Laura Savaris 7º B
Categoria B
Gabriela Weber 9º B
Izabela Zanolla 2ª série do EM
Arthur Salvador 3ª série do EM
Casa de noticias 550x250
Sem nome %28550%c2%a0%c3%97%c2%a0250%c2%a0px%29 %281%29