Img 3650

EMPREENDEDORISMO

Biopark firma acordo que deve trazer dez empresas chilenas por semestre

Acordo foi assinado nesta terça-feira (28) durante Encontro de Negócios Chile-Brasil, em São Paulo. O mesmo deve ocorrer com outros países latinos.  
28/11/2023 - 18:47
Por Assessoria


Uma grande incubadora de projetos internacionais fora das regiões mais densas do Brasil. Com isso em mente, o Biopark, Parque Tecnológico no Oeste do Paraná, se abre como uma opção para startups chilenas que querem fugir dos grandes centros e buscam cidades que estão no interior do Brasil, mas que propiciam um ambiente de intercâmbio para que elas se sobressaiam em seus países de origem.


Para essa iniciativa, foi construída uma aliança com o ProChile, um instituto do Ministério das Relações Exteriores do governo chileno, que foi assinada na terça-feira (28), durante o evento Encontro de Negócios Chile-Brasil, em São Paulo. A parceria tem como objetivo a publicação de dois editais de atração de empresas para o Programa de Residência do Biopark, onde irão se desenvolver e trocar experiências, principalmente nas áreas de agronegócio, saúde  e tecnologia da informação.


A intenção é que essas empresas possam expandir seus negócios aqui e possam crescer em faturamento e número de colaboradores para ficar mais de um ano. “Nosso programa tem duração inicial de dois meses, nos quais as startups chilenas irão receber um acompanhamento totalmente personalizado para iniciar o softlanding no Brasil, como o auxílio para negócios, bem como nas partes burocráticas de abertura de empresas, entre outros”, explica o presidente do Biopark, Victor Donaduzzi.


Segundo ele, o convênio permite ainda a abertura de novas possibilidades de negócio, pesquisa, desenvolvimento e intercâmbio. “O Chile é referência a nível de inovação e apoio a novas startups e empreendimentos, o que permite também conectar as nossas 190 empresas com esse ecossistema”, realça o executivo. 




Sem nome %281144 x 250 px%29