1144 x 150 anu%cc%81ncio casa de noti%cc%81cias eu garanto o aluguel

SAÚDE

Com crescimento semanal de 65,64%, casos de dengue disparam em Toledo

O número de confirmações saltou de 195 para 323 e há ainda 506 esperando o resultado; no atual ano epidemiológico, o município já registrou 1.452 notificações
02/02/2024 - 21:08
Por Assessoria


Mantendo a tendência das últimas semanas, o boletim epidemiológico da dengue divulgado no início da tarde desta sexta-feira (26) pela Secretaria de Saúde de Toledo (SMS) confirmou uma disparada no número de casos da doença. Em apenas uma semana, o número de confirmações cresceu 65,64%, saltando de 195 para 323, e que pode crescer significativamente, pois há 506 pessoas com sintomas da doença aguardando resultado do exame.

Somando os casos confirmados, em análise e os 623 que já foram descartados, 1.452 pessoas com sintomas da doença (manchas avermelhadas na pele, dor abdominal, febre, dor no corpo, cansaço, entre outros) procuraram os serviços públicos e privados de saúde desde 1º de agosto de 2023, início do atual ano epidemiológico. Seis bairros concentram mais de 60% das confirmações de dengue no município: América II (80), América I (33), Europa II (26), Europa I (24), Fachini I (18) e Coopagro (14). 

Dessa forma, a SMS, por meio do setor de Controle e Combate às Endemias, reforça o pedido para a população redobrar as ações de combate e prevenção ao mosquito nos imóveis onde mora e trabalha, impedindo que este se reproduza em locais onde a água pode acumular, tais como vasos, pneus, garrafas, calhas, plantas, entre outros lugares.  Também recomenda às pessoas que apresentarem sintomas de dengue a procurarem imediatamente atendimento médico, evitando os quadros mais graves da doença. 

Outro ponto fundamental para frear a disseminação da dengue em nosso município, é fundamental a realização das vistorias pelos agentes de combate a endemias (ACEs) nos imóveis. Dessa forma, quando baterem em sua casa, facilite o trabalho deles e siga todas as orientações que forem dadas.

Ecoponto Itinerante – Diante de uma iminente epidemia de dengue, o poder público municipal não está parado. Entre quinta-feira e sábado (1º a 3/2), o Jardim Facchini tem recebido a segunda edição do Ecoponto Itinerante em 2024. Coordenada pelo Setor de Controle e Combate às Endemias (Secretaria de Saúde), que recebe apoio logístico das secretarias do Meio Ambiente e da Infraestrutura Rural e Urbana e de Serviços Públicos, a ação de prevenção à dengue abrange 55 quarteirões cujos imóveis receberão vistorias dos agentes de combate a endemias (ACEs), que orientarão os moradores sobre eliminar focos que já são ou podem servir de criadouro para o Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença.

O Ecoponto Itinerante contempla o perímetro formado pelas seguintes vias: Avenida Ministro Cirne Lima, Rua João Orestes Ruaro (até a Rua Luiz Henry Perin), Rua Albino Scariot, Rua Pindotiporã, Rua Fortunato Grisa, Avenida Roberto Facchini, Rua Antônio Pires de Oliveira, Rua Luiz Antônio Basso, Rua Albino Scariot e Rua José Ayres da Silva (considerando todos segmentos de ruas sem saídas nas transversais destas vias). Este trabalho receberá, neste sábado, o reforço de voluntários representando órgãos públicos, entidades e empresas que fazem parte do Comitê Municipal Intersetorial de Combate à Dengue, Chikungunya e Zika Vírus de Toledo – o grupo se reunirá às 8h em área ao lado da Estratégia Saúde da Família (ESF) do Jardim Cosmos, na esquina das ruas Eugenio Gustavo Keller e Nayoro, e permanecerão mobilizados até às 12h.

Sem nome %281144 x 250 px%29