1144 x 150 anu%cc%81ncio casa de noti%cc%81cias eu garanto o aluguel

CIÊNCIA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA

Toledo amplia maturidade como Ecossistema de Inovação, aponta diagnóstico do Sebrae PR

O Conselho Municipal de Ciência, Inovação e Tecnologia de Toledo (Comciti) recebeu o diagnóstico anual de 2023, referente ao Ecossistema de Inovação da cidade, parte integrante do projeto 'Cidade Inovadora', realizado pelo Sebrae PR em colaboração com o Governo Municipal de Toledo
08/02/2024 - 18:20
Por Assessoria


Representando um marco importante para o desenvolvimento tecnológico e empreendedor da região, a apresentação, liderada por Alan Debus do Sebrae PR, abrangeu uma ampla avaliação de programas, ações e habitats de inovação, bem como diversas frentes que moldam o cenário de Toledo como um ambiente propício para empresas, empreendedores e agentes colaborativos.
O consultor do Sebrae PR ressalta que a avaliação do ecossistema de inovação abrange diversas vertentes, como governança, ambientes inovadores, programas e ações inovadoras, capital, políticas públicas e índice de custo da tecnologia da informação. “Essas vertentes, quando somadas, determinam o grau de maturidade do ecossistema, que pode ser classificado em estágios como: inicial (0 a 11,99), em estruturação (12 a 17,99), em desenvolvimento (18 a 23,99) ou consolidado (24 a 30).”
Comparando com o diagnóstico de 2022, onde Toledo registrou um grau de maturidade de 11.03 pontos, o ano de 2023 viu um aumento substancial para 17.84. “Este crescimento é atribuído a uma série de fatores, incluindo avanços nos ambientes de inovação, como incubadoras, startups, eventos como o Pig Data, e fóruns dedicados à inovação, além de significativos investimentos na área”, conta Alan.
Lucas Rodrigues, presidente do Comciti, destaca a atuação fundamental do Conselho na promoção do desenvolvimento tecnológico em Toledo. Ele enfatiza que o Comciti tem desempenhado um papel crucial como ligação entre órgãos de apoio à tecnologia e inovação, além de facilitar a conexão entre startups e investidores. "Estamos comprometidos em fornecer apoio para que novas empresas se estabeleçam em Toledo, impulsionando assim a economia local", afirma.
A partir de agora, as análises do ecossistema de inovação serão conduzidas bianualmente, com o próximo estudo programado para 2025. “Este ciclo de avaliação contínua é fundamental para monitorar o progresso, identificar áreas de melhoria e promover um ambiente cada vez mais propício à inovação e ao empreendedorismo em Toledo”, conclui o presidente do Comciti.
Sem nome %281144 x 250 px%29