Banner 1144x150 px

GERAL

Recadastramento do Bolsa Família vai até dia 31

Famílias inscritas no Programa Bolsa Família devem atualizar os dados cadastrais regularmente, sob pena de ter o benefício bloqueado. Mais de 580 mil famílias no Brasil correm o risco de ter o benefício bolsa família bloqueado a partir de 17 de novembro. Em Cascavel são mais de mil famílias com os dados desatualizados. Em Toledo, o número diminui para 182 famílias.

07/10/2010 - 12:08


Para evitar a suspensão, o Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), realizam um chamamento desde o início deste ano. Beneficiários que estão com o cadastro desatualizado há mais de dois anos estão sendo convocados a regularizar a situação. O prazo final termina no dia 31 de outubro.
Após o prazo dado, de acordo com a coordenadora do Bolsa Família, Raquel Cassol, os cadastrados não atualizados são bloqueados e os benefícios ficam suspensos em novembro e dezembro. As famílias podem atualizar seus dados nestes dois meses, porém sem receber os benefícios.
"Todos os inscritos no programa serão averiguados no mês de janeiro de 2011 e as famílias recadastradas terão a situação regularizada no cadastro único. Do contrário, o MDS cancelará, de forma definitiva, os benefícios daqueles que não realizarem o recadastramento. Em Toledo, no mês de setembro foram 2.626 famílias beneficiadas no programa", afirma.
Atualização
O recadastramento pode ser realizado no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de onde reside o beneficiário ou a beneficiária. Em Toledo, os CRAS estão localizados no Jardim Coopagro, Jardim Panorama, Europa e Vila Pioneira.
“O atendimento é realizado mediante há agendamento. O interessado pode ligar e repassar o nome do beneficiário que o atendente repassa os documentos necessários para realizar a atualização”, explica.
Benefícios
O cadastro único pode dar acesso a alguns programas e benefícios em Toledo, mas eles variam de acordo com a situação de cada família, pois alguns são condicionados a faixas de renda.

- Baixa renda da luz,
- Baixa renda da água,
- Cursos oferecidos pela Secretaria de Assistência Social (costura básica, costura industrial, bijouterias, informática, patchwork, bordados em toalha..),
- Passe livre intermunicipal para pessoas com deficiência ou patologia crônica,
- Passe livre interestadual para idosos acima de 60 anos que não são aposentados,
- Benefícios eventuais (auxílio natalidade, auxílio funeral),
- Inscrição para casas populares na Secretaria de Habitação,
- Programa Agente Jovem,
- Programa BEM Toledo,
- Programa Florir Toledo,
- Programa Pró-Jovem,
- Programa de Erradicação do Trabalho Infantil-PETI,
- Programa Bolsa Família-PBF,
- Isenção da taxa de inscrição para concurso público federal.