Banner 1144x150 px

GERAL

Fórum debate direitos dos guardas municipais

Durante o dia de hoje (09) é realizado o II Fórum Guardas Municipais na Segurança Pública, no Teatro de Toledo. No evento, participaram profissionais de Foz do Iguaçu, Guaíra, Curitiba, Maringá, entre outras cidades. O Fórum proporciona o conhecimento da estrutura organizacional, sistemas e métodos utilizados pelos Guardas Municipais nas atividades de segurança pública e propor metodologias e técnicas voltadas ao aprimoramento das atividades pautadas na defesa da população.

09/10/2010 - 11:37


Segundo o Guarda Municipal, Moacir Guerreiro Campos, é necessário esclarecer o papel destes profissionais para que desempenhem a sua função, segurança pública. “O capítulo da segurança pública prevê que a guarda municipal é uma instituição policial. A administração não pode desprezar o seu efetivo, já que vemos a criminalidade aumentando a cada dia e a população clamando por mais segurança”, explica.

Em Toledo, conforme Campos, ainda falta regulamentar a atividade do guarda municipal e criar um plano de carreira. “Os guardas municipais no início da carreira devem passar por um curso de formação inicial. Eles precisam de uma capacitação antes de ser colocado na rua para auxiliar a segurança da cidade”, enfatiza.

 

 

Corporação

O Fórum, de acordo com o secretário de segurança e trânsito de Toledo, João Crespão, é de suma importância para o crescimento da Guarda Municipal, como corporação, profissional e pessoal. “Com este fórum, teremos muitos avanços e informações que se encontravam distorcidas sobre a profissão”, comenta.

Desde que assumiu a Secretaria de Segurança e Trânsito, de acordo com Crespão, sempre procurou pregar o diálogo entre a corporação. “O resultado final do Fórum será discutido entre a equipe para serem tomadas as devidas providências”, conclui.

 

Texto e Imagem Graciela Souza